O Bitcoin e suas variações

Introdução

A variação do bitcoin é dada à mudança de preço de uma unidade da criptomoeda ao longo de diversos momentos específicos, que tem como gatilhos uma série de ocasiões que podem afetar a queda ou alta.  Destacamos 4 das ocasiões mais relevantes -->

1

Retirando os lucros

Vamos à um exemplo prático:  Eu comprei 1 Bitcoin 5 meses atrás, no valor equivalente a U$5 mil e hoje esse valor teve uma valorização, alcançando U$100 mil.  Isso representa uma forte alta em  relação ao meu investimento, abrindo a possibilidade de retirar lucros, caso eu achar necessário.

2

Oferta e demanda

Seguindo o exemplo do movimento anterior. A oferta e a demanda afeta diretamente nessa questão, bem semelhante ao que acontece no mercado de ações, a bolsa de valores. Quanto mais pessoas estão procurando comprar o ativo, mais ele estará valorizado e o contrário também, quanto menos pessoas, menor o valor.

Vamos a mais um exemplo? A Apple emitiu um comunicado em uma de suas campanhas dizendo que a partir de hoje aceita Bitcoin como forma de pagamento (situação hipotética).  Agora você vai conseguir comprar seu iPhone e serviços com a criptomoeda. Veja como a cripto se torna relevante a partir do momento em que ela se torna uma moeda de troca dentro do mercado. Fazendo com que faça sentido tê-la em sua carteira.

3

Aderência do Mercado

Guia completo para investir no exterior

Aderência do mercado

Notícias e os influenciadores tem forte relação às altas e baixas em relação ao preço da moeda no curto prazo.  Exemplo: Elon Musk faz um Tweet simples, com a hashtag Bitcoin. A partir desse momento, os especuladores imaginam milhares de coisas, dada a influência e relevância que Elon tem dentro da economia.  Isso faz com que a procura pelo ativo aumente e, consequentemente, o seu valor de mercado.

4

Canais de comunicação e seus influenciadores

JÁ CONHECE NOSSA

NEWSLETTER?

Você recebe todos os dias às 06h notícias fresquinhas sobre o mercado financeiro e negócios de forma descomplicada.