Carro que leva 2 minutos para virar avião recebe licença para voos 

AirCar pode viajar por até mil km
foto de carro que vira avião

Quem nunca desejou que seu carro pudesse voar para escapar do trânsito? Quem diria que a Eslováquia realizaria o sonho de muita gente e não uma japonesa. Após horas de testes, AirCar recebeu certificado para voar. 

Ah, lá vem. Mais um carro voador? 

Não é só mais um veículo voador, diferente do que vem sendo desenvolvido, o AirCar é basicamente um transformer. Assim, você poderia dirigir o brinquedinho em vias terrestres e no ar. 

Com 70 horas de voos e mais de 200 decolagens e aterrissagens só usando um motor BMW e gasolina comum, o automóvel pode atingir até 190 km por hora. 

E claro, a parte mais divertida é ver a máquina se transformando em um avião. O tempo para a completa mudança é de 2 minutos e 15 segundos. 

Os filmes do 007 nunca foram tão realistas. 

E aí? Quando chega para o resto do mundo? 

Um passinho de cada vez. Após receber a licença para voar da Agência Europeia de Segurança de Aviação, EASE, a Klein Vision, criadora do carro, precisará de investimentos para torná-lo acessível, mas avalia que em doze meses já comece a comercializar. 

Porque, por óbvio, ainda custa muito caro produzir o bichinho, são cerca de 2 milhões de euros. Convertendo para o real, caro para um caramba! Brincadeira. São R$ 11 mi. 

Mas segura a emoção, pois o mercado de automóveis voadores está esquentando, inclusive no Brasil. Os veículos de voo vertical, como os helicópteros, só que com mais hélices e menos barulho já estão quase no ‘pente’. 

A previsão é que esses últimos já sejam vistos em 2026, em forma de táxi aéreo com a promessa de que tenham um custo a partir de R$ 20 pelo serviço. 

Pensou? 

Será um bom investimento? 

Segundo a Morgan Stanley, uma consultora de serviços financeiros mundialmente reconhecida, o mercado de carros voadores pode valer US$ 1,5 trilhão em 2040. 

Ou seja, daqui a dezoito anos, usar um desses veículos será parte da rotina de muita gente que está lendo essa notícia. Céticos dirão que é viagem. Porém, é mesmo. Literalmente. 

Estão prontos para decolar? 

Inscreva-se na nossa newsletter!