5 dicas para vencer a preguiça

Preguiça de trabalhar ou estudar? Reunimos cinco dicas que vão te ajudar!
Comece por aqui
Início » Profissional » 5 dicas para vencer a preguiça

5 dicas para vencer a preguiça
(Foto: Getty Images)

Você provavelmente já ouviu dizer que atingir um objetivo envolve muito esforço, trabalho e paciência. Sem dúvidas, essa é uma verdade que não dá para fugir. Porém, no meio dessa jornada toda, um dos maiores desafios é preguiça.

“Ah, deixa que eu faço isso depois” ou “Já atrasei essa demanda um dia, o que custa atrasar mais um?” são falas que você já pode ter dito. Às vezes, o cansaço e a necessidade de tirar um tempo para você fazem com que elas sejam totalmente aceitáveis.

A questão é que elas não podem fazer parte do seu dia a dia. Afinal, a preguiça e a procrastinação não atrapalham somente o seu desenvolvimento e as suas demandas diárias, mas podem também provocar ansiedade e fazer com que as coisas não fiquem muito legais!

Para te ajudar nisso, selecionamos cinco dicas práticas sobre como vencer a preguiça!

Entenda qual é o seu objetivo

Se você está de bobeira, não faz muito sentido querer vencer a preguiça… Porém, quando essa é uma preocupação, você provavelmente tem algum objetivo para atingir.

Se dar bem nos estudos, ser promovido no trabalho, começar a investir, criar conteúdo ou estruturar a própria empresa podem ser alguns dos seus sonhos.

Além disso, há também os objetivos pessoais, como fazer uma viagem especial ou morar sozinho, por exemplo. Se for esse último, já quero te convidar para dar uma olhada no nosso artigo sobre “comprar ou alugar imóvel: descubra qual é a melhor opção para você“.

Por conta disso, o primeiro passo para conseguir vencer a preguiça é entender quais são os seus objetivos e mantê-los em mente. Assim, você se sentirá muito mais motivado.

Estabeleça metas e defina horários

Depois de entender quais são os seus objetivos, o próximo passo para vencer a preguiça é criar metas “tangíveis” e que vão te ajudar a ver as tarefas fluindo no dia a dia.

Basicamente, isso significa que você precisa ter organização para dividir as atividades que você precisa fazer entre o tempo que você tem disponível. 

Para isso, o ideal é criar uma lista de metas diárias, dividi-las em horários e anotá-las em algum lugar de fácil acesso, como em um bloco de notas, um planner ou até uma agenda virtual.

Dica do Adm

Anota aí: Google Agenda, Monday, Notion e Trello são alguns aplicativos que podem te ajudar a se organizar e criar uma rotina.

Outro fator importante é estabelecer a hierarquia das atividades. Isso significa que você deve entender quais são as metas mais importantes e as mais difíceis de cumprir. A dica é começar pelas mais simples e deixar as mais complexas para o final. Assim, você vai evoluindo aos poucos ao longo o dia!

Não se sobrecarregue

Isso pode até parecer óbvio, mas o problema é que acabamos nos sobrecarregando sem perceber. Sabe aquela vontade de abraçar o mundo? Então, é disso que estou falando!

Definir muitas metas para um único dia não te deixará apenas cansado, mas também frustrado. Afinal, as chances de que você não consiga cumprir algumas delas são bastante altas.

A consequência disso, pensando no longo prazo, é que você acabará desistindo de fazer as coisas e voltará para o estado inicial, aquele de pesquisar "como vencer a preguiça" no Google.

Portanto, calcule bem o tempo de cada atividade e sempre deixe intervalos entre uma e outra, não somente para descanso, mas também como margem de erro caso algo demande mais tempo do que o esperado. Além disso, se lembre que menos é mais.

Separe um tempo para hobbies e atividades físicas

Não se sobrecarregar está diretamente relacionado com deixar um tempo livre para aquelas coisas que você gosta de fazer. Jogar videogame, sair com os amigos, assistir futebol ou ler são algumas das coisas que podem (ou até devem, se você curtir) estar inclusas no seu dia a dia.

Estes momentos de descontração são fundamentais para fazer sua mente descansar e te ajudar a voltar com a corda toda na hora de trabalhar ou estudar.

Além disso, as atividades físicas também são extremamente importantes na hora de vencer a preguiça. Além de todos os benefícios para a saúde, os exercícios darão uma energia extra e te deixarão com mais disposição para sair do ócio!

Cuide do sono e da alimentação

Ainda nessa linha mais “saudável”, não dá para falar de vencer a preguiça sem pensar no sono e na alimentação.

Se você não dorme direito e não come bem, sua saúde ficará comprometida, você terá menos energia e menos vontade de fazer as coisas. Com isso, é muito provável que a vontade de passar o dia na cama seja gigantesca.

Por conta disso, é importante abrir mão das comidas rápidas e não tão saudáveis, pelo menos em parte dos dias da semana, para apostar nos alimentos mais nutritivos. Além disso, criar uma rotina de sono também é indispensável.

Comentário do Adm

Percebeu que todos os pontos estão interligados? Não é à toa que eles foram selecionados para essa lista. O ideal é começar pelo item 1 e tentar desenvolver os outros aos poucos, sem muita cobrança no começo. O resultado no longo prazo é gratificante!

Agora que você já sabe o que precisa fazer para vencer a preguiça, que tal descobrir algumas dicas de aprendizado? Para isso, confira o nosso artigo sobre 5 dicas valiosas para aprender melhor e mais rápido!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp