Início » Negócios » Uber de carreto é o novo serviço da Granero

Uber de carreto é o novo serviço da Granero

A oportunidade que a Granero queria, com a segurança que a sua mobília merece
homem puxando caminhões da Granero
(Crédito: Claudio Gatti)

Com o crescimento do e-commerce, o setor de entregas está fervendo. Com isso, a Granero estima um faturamento de R$ 10 milhões no primeiro ano de operação do seu aplicativo. 

O que é Granero? 

Antes de mais nada, se você costumava assistir “De Volta Para a Minha Terra” com a sua avó, provavelmente conhece a Granero. Esta empresa possui mais de cinquenta anos de história com serviços de carreto de grande porte. 

Aliás, esse foi um dos principais motivos para o lançamento do novo negócio, já que por estar inserida em serviços de grande porte, a Granero perdia clientes que desejavam transportar objetos menores. 

É evidente que existem motoristas autônomos que fazem isso em seus próprios veículos. Mas nem todos conhecem um. 

Além disso, o nome Granero desperta confiança. De modo que, solicitar um motorista verificado pela empresa gera no cliente o sentimento de certeza da entrega. 

Quais serão as vantagens desse aplicativo? 

Fazendo menção ao que foi dito acima, as vantagens para os clientes podem ser duas a princípio, facilidade em encontrar alguém que preste esse serviço.

Segundo; confiança no motorista selecionado pela Granero. 

Já para os motoristas, é provável que haja um aumento na demanda, agregando em ganho financeiro. Também, uma formalidade no contrato. 

Para a Granero, nem se fala. Se a ideia decolar, serão caminhões na estrada e faturamento nos ares. 

O que é preciso para ser um motorista da Granero? 

Primeiramente será feito um levantamento do histórico do colaborador que inclui antecedentes criminais e informações sobre eventuais dívidas. 

Em seguida, na fase de análise, haverá um treinamento e o registro junto ao governo. 

A fatia de retenção da Granero será de 30% do valor do serviço. Os impostos, o recolhimento de contribuições sociais e despesas financeiras do motorista ficam a cargo da empresa. 

O aplicativo já está disponível para sistemas iOS e Android, além da web. 

Se a proposta será bem sucedida? Só o tempo dirá. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp