Twitter poderá deixar bolsa de valores nos próximos meses

Investidores receberão US$ 54,20 por ação
Twitter

“Não aprendi dizer adeus, mas tenho que aceitar que amores vem e vão…”. O Twitter poderá deixar a bolsa de valores nos próximos meses. Enquanto isso, o preço das ações segue oscilando. 

Twitter vai mesmo sair da bolsa? 

Dada a aquisição bilionária do sr. Musk, o Twitter poderá sim deixar a bolsa de valores de New York, a Nasdaq, ainda esse ano, de acordo com Bernardo Carneiro, analista de BDRs do banco de investimentos BTG Pactual. 

Aliás, o próprio Elon já declarou que deseja retirar a empresa da bolsa gringa. A declaração consta em uma cartinha enviada ao SEC, Securities and Exchange Commission, que é o órgão que regula o mercado de capitais nos EUA. 

Segundo o boneco, será muito mais fácil efetuar as mudanças que deseja para o Twitter se não tiver um órgão regulador fungando no cangote. 

Isso porque todas as empresas que são negociadas em bolsa estão constantemente sob o olhar sanguinário do vigia, que nos EUA é o SEC. Por isso, companhias precisam apresentar, por exemplo, balanços financeiros periódicos entre outras exigências. 

E que mudanças vão acontecer no Twitter?

O homem já adiantou que pretende criar um botão para editar tweets já publicados. A ideia é que haja um curto espaço de tempo para edição de uma publicação, e com isso os compartilhamentos daquele tuíte seriam zerados. 

Além disso, o twitteiro poderá digitar um pouquinho mais, já que o número de caracteres será ampliado. Entre outras mudanças. 

E como vão ficar os investidores?

Como os senhores já sabem, cada investidor vai receber por ação um valor de US$ 54,20 dólares, o que em Reais equivale a cerca de R$ 270. 

Considerando que por volta do meio-dia de hoje cada papel estava valendo aproximadamente US$ 50, o valor prometido por Musk parece muito interessante para quem tem um pedacinho do Twitter na carteira. 

Por fim, os investidores estão confusos, não sabem se compram mais, já que já sabem quanto vão receber, ou se retém o que já tem, ou até mesmo se vendem seus papéis para evitar possíveis prejuízos caso o sr. Musk desista da compra por alguma razão.

E aí, o que você faz? Compra, vende ou segura? 

Inscreva-se na nossa newsletter!