Starlink, de Elon Musk, pode proporcionar internet global em breve

A SpaceX pretende investir até US$ 30 bilhões na internet via satélites em órbita baixa.
Elon Musk apontando polegares para os lados em sinal de desdém cômico

🛰️ Antes de mais nada, o que é Starlink?

 

Starlink é uma subsidiária da SpaceX, empresa de fabricação e comércio aeroespacial fundada por Elon Musk, atual CEO da empresa.

A missão da SpaceX é tornar a espécie humana multiplanetária, começando por Marte. Porém, para alcançar seus objetivos ela precisa da boa e velha grana, e a Starlink é uma das maiores apostas para isso.

A Starlink oferece internet via satélites em órbita baixa da Terra (abaixo de 2.000 km de distância). 

O fato dos satélites estarem em órbita baixa permite que o sinal de internet seja muito melhor e mais veloz que as convencionais via satélites em órbita geoestacionária.

Adm Explica

A órbita geoestacionária fica a 35.786 km, onde os satélites têm o mesmo período orbital que a Terra e, portanto, ficam fixos em um lugar.

Inclusive, por estarem tão próximos da terra, quando são lançados é possível ver a olho nu…Parecem vários discos voadores de longe.

ENFIM.

🌐 Internet global, adm?

Para que essa internet tenha cobertura global, é preciso de uma constelação com milhares de satélites (Elon Musk quer até 42.000 deles).

A Starlink já conta com mais de 1.500 em órbita, com autorização da FCC (comissão federal de comunicações dos EUA) para lançar até 12 mil.

Apesar dos investimentos, a empresa ainda não dá lucro e a SpaceX precisa investir em torno de 5 a 10 bilhões de dólares para que ela tenha um fluxo de caixa positivo (mais grana entrando do que saindo).

Além disso, para manter sua posição competitiva, a empresa pode investir entre 20 a 30 bilhões de dólares. Afinal, até a Amazon está competindo com sua própria constelação.

Segundo Musk, o serviço já tem mais de 69.000 usuários ativos em diversos países (dá até para reservar no Brasil, inclusive, mas ainda não chegou).

Musk também prevê que o serviço pode alcançar 500.000 usuários dentro dos próximos 12 meses, um marco significativo. Lembrando que o foco da empresa inicialmente é em locais onde o acesso à internet é escasso ou inexistente.

🆚 Jeff Bezos vs Elon Musk

A Starlink é a empresa mais avançada quando falamos de satélites em órbita baixa.

Porém, além dela, existem outras, entre elas a Project Kuiper, projeto de uma subsidiária da Amazon com os mesmos objetivos.

Bezos pretende investir 10 bilhões de dólares no projeto, para garantir que também seja um sucesso, porém, ela ainda não tem satélites lançados, apenas testes e estudos por hora.

Bezos também é CEO da Blue Origin, sua empresa de exploração aeroespacial, que está desenvolvendo um foguete que poderá ser utilizado no lançamento dos satélites. 

Inscreva-se na nossa newsletter!