Início » Negócios » Preço do petróleo vai subindo e Petrobrás nem ‘tchun’

Preço do petróleo vai subindo e Petrobrás nem ‘tchun’

Sem querer zicar, mas o dólar está caindo e o petróleo subindo no mundo. E a Petrobrás? ‘Mó paz’. Há mais de 40 dias sem reajuste, Petrobrás surfa na queda do dólar.
Faixada da Petrobras
[REUTERS/Sergio Moraes]

O preço global do petróleo está subindo, mas a Petrobrás está tranquila há mais de 40 dias. Aposte com o ADM: quanto tempo até os preços subirem novamente? Vem dar um gás nessa matéria.

A parada é a seguinte: essa semana o preço do barril de petróleo passou da casa de US$ 70 doletas. Isso não rolava desde maio de 2019. Segundo a galera que entende mesmo do assunto, o barril tem tudo pra bater os US$ 80 dólares esse ano.

E a Petrobrás? Niente, nada, nothing — mó paz.

A estatal não altera seus preços tem pra lá de um mês. Por que será?

Primeiramente, bom dia.

Segundamente, o grande motivo da tranquilidade da Petrobrás é a valorização do real em relação ao dólar. Vê se é de boa entender:

O preço barril de petróleo negociado em dólar subiu; logo os preços dos combustíveis aqui subiriam também. Mas aí, se o dólar vem caindo — o que acontece?

Os movimentos quase que se cancelam e a Petrobrás consegue manter os preços como estão.

Mas analistas estão dizendo que uma alta nos preços dos combustíveis é inevitável se o patamar não mudar.

A parada é que o último que ousou mexer demais nos preços da Petrobrás rodou, né. Lembram de Roberto Castello Branco? O castelo dele ficou russo, e o Presidente Jair Bolsonaro, incomodado com os ‘aumentos excessivos’ da gestão, foi lá e mandou ele ralar.

Depois que o general Joaquim Silva e Luna assumiu a meiúca ali na Petrobrás, o jogo está fluindo tranquilo. Só toque para o lado e nada de grandes ajustes — e assim lá se vão mais de 40 dias.

A companhia diz que está atenta de olho no mercado e que por enquanto nada de alteração nos preços. Ô, benção!

Mas e aí, será que a Petrobrás está comendo mosca ou será que reajustes estão por vir? É aquela parada: eu ando sempre a pé, mesmo.

Combustível pro ADM é a gelada que vou abrir nesse #sextou.

Mas você acha que a Petrobrás vai conseguir segurar os preços frente à alta do petróleo? O que é melhor pros seus negócios? Dá o papo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp