Início » Negócios » Medalhas nas Olimpíadas fazem vendas no e-commerce aumentarem

Medalhas nas Olimpíadas fazem vendas no e-commerce aumentarem

Parece que o "Efeito Olímpiadas" é real mesmo!
rayssa-leal-skate
Reprodução/Twitter

As Olimpíadas de Tóquio estão a todo vapor, mas não apenas lá no Japão… Aqui no Brasil os resultados das medalhas brasileiras também já estão sendo vistos.

Com o hype das Olimpíadas, muitas empresas de produtos esportivos viram suas vendas aumentarem muito desde o começo da competição, especialmente no e-commerce.

De acordo com a CNN Brasil Business, as vendas no site da Centauro relacionadas ao skate aumentaram mais de 400%, muito por conta das medalhas de prata de Rayssa Leal, de 13 anos, e também de Kelvin Hoefler. 

Além disso, o Mercado Livre bateu o recorde de vendas em patins e skates no dia 26 de julho, quando Rayssa se tornou medalhista. 

Mas o retorno não foi apenas no skate! Com a medalha de ouro de Ítalo Ferreira no dia 27 de julho, o grupo Centauro teve um aumento de 100% nas buscas dos itens de surf.

Segundo os diretores da Centauro, o “Efeito Olimpíadas” é diferente do “Efeito Copa do Mundo”. Isso porque na Copa do Mundo o foco é direcionado para produtos nichados, como itens voltados apenas o futebol ou camiseta da seleção brasileira.

Já nas Olimpíadas o efeito tende a ser mais duradouro já que a visibilidade da Rayssa Leal no skate, por exemplo, pode estimular muitas crianças a começarem a andar de skate também.

Você também pode se interessar: Atletas brasileiros podem ganhar até R$ 250 mil por medalha nas Olimpíadas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp