Mark Zuckerberg pode deixar lista dos 10 mais ricos do mundo 

O dono do Facebook perdeu mais de US$ 28 bi
foto de Mark Zuckerberg dono do Facebook

Se já dói perder R$ 2 reais, imagine perder US$ 28 bilhões de uma lapada só! Mark Zuckerberg está sentindo esse drama. Na data de hoje, o bilionário viu sua fortuna derreter após uma queda das ações do Facebook. 

Menino, mas o Facebook não estava tão bem? 

O homem todo empolgado falando do metaverso, mudando o nome do Facebook para Meta, que aliás, o nome ainda não pegou, e agora isso. 

As ações da gigante caíram após a divulgação dos resultados dos últimos três meses. Os números apontaram uma perda de mais de 500 mil usuários que deixaram de usar a rede diariamente. 

Daí, no dia seguinte, as ações do Facebook despencaram. Ou seja, hoje mesmo a empresa perdeu US$ 220 bi em valor de mercado. O que significa que a Meta está valendo neste momento US$ 220 bilhões a menos do valor total que antes tinha. 

Em razão disso, Mark perdeu mais de US$ 30 bilhões de sua fortuna, que agora está avaliada em US$ 90 bi, número que apesar de alto, tira o “playba” da lista dos ‘bilis’ top 10. 

Por que as empresas têm que mostrar esse resultado? 

Se não fosse essa divulgação, hein. Nada disso teria acontecido. Acontece que toda empresa de capital aberto, ou seja, que tem uma parte do seu valor total negociado em bolsa de valores, precisa divulgar seus números regularmente. 

Assim, os acionistas, ou seja, as pessoas que compram ações, que são as fatias de uma empresa, sabem como está a saúde financeira da companhia. 

Considerando que o mercado de ações é especulativo, quando diante de um resultado de que a rede perdeu usuários, coisa que não acontecia desde a sua fundação em 2004, os investidores ficam com pé atrás achando que a empresa vai perder força. 

Então, começam a vender suas ações freneticamente. E como tem muita gente vendendo ao mesmo tempo, o preço de cada papel cai e a empresa perde o tal do valor de mercado.

O Facebook pode se recuperar? 

Amado, isso é difícil de saber. Contudo, em 2018 a companhia perdeu US$ 120 bi de valor de mercado e conseguiu se recuperar. Então, ela tem muito crédito ainda. Sem contar que ela será o portal para o metaverso que Mark Zuckerberg está criando. 

Logo, talvez seja prematuro apostar no falecimento da rede. Além disso, o jovem gênio tem apenas 37 anos. Voltar para a lista dos 10 mais ricos é só uma questão de tempo. 

Inscreva-se na nossa newsletter!