Jovem cria negócio de rastreamento de jato de bilionários

Elon Musk já ofereceu US$ 5 mil para responsável desistir da ideia
Foto de bilionários como Elon Musk que estão sendo perseguidos por jovem stalker

E quando um fã vira um atraso na vida do ídolo? Elon Musk que o diga. Fã de apenas 19 anos vem monitorando seus voos e exibindo as rotas em sua conta no twitter. 

É muito difícil ser “gostoso”. 

Que história é essa? 

Jack Sweeney é o famoso paparazzo que tem deixado Elon Musk pistola. Isso porque o jovem programou um ‘bot’, uma aplicação de software, que é capaz de recolher informações de dados de voos. 

A princípio, o Jet Bot foi criado para acompanhar os passos do rei da Tesla e da SpaceX em 2020 por um inocente stalker de 19 anos. Porém, a maldade tomou conta e agora o jovem quer fazer disso um negócio. 

O instinto empreendedor do rapaz desabrochou quando Elon ofereceu US$ 5 mil para o infame desativar a conta. O bonito fez uma contraproposta de US$ 50 mil, alegando que assim poderia pagar a faculdade ou comprar um Tesla Model 3. 

Olha que afrontoso o miserável. 

Passaram-se alguns dias e o bilionário ainda não respondeu. Mas convenhamos, mesmo que ele aceite, agora quem não quer mais é o novinho. 

O mercado de rastreamento de voos já existe? 

Sim! E rende um dinheiro danado! Aliás, foi isso que a nova dor de cabeça de Musk alegou. Que as empresas lucram milhões e ele só quer uma pequena parte disso, para sobreviver nesse mundo cruel. 

Atualmente, é possível acompanhar informações de voos em tempo real através de aplicativos que dá pra baixar no celular. 

Assim, o que o jovem Sweeney deseja fazer é ampliar seu negócio agora não apenas monitorando o jatinho de Elon, mas também o do Jeff Bezos e de Bill Gates. Entre outros.

Porque malandro é malandro e mané é mané. 

Ok! Mas pra que serve isso? 

Pode parecer que isso é coisa de fã sem o que fazer. Contudo, considere ser um grande investidor que quer saber qual será a próxima empresa a bombar na bolsa. 

Agora, pense no quanto investidores pagariam para saber por onde andam esses grandes homens e com quem estiveram se reunindo. 

Ou seja, é um negócio promissor e algumas empresas já começaram a investir. E se é bom ou ruim, avaliem os senhores. Mas por enquanto, o jovem fã parece estar decolando. 

Inscreva-se na nossa newsletter!