Jeff Bezos deixa comando da Amazon após 27 anos

O bilionário será substituído por Andy Jassy, atual responsável pela Amazon Web Services.
Jeff Bezos de terno explicando algo

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, deixará o comando da empresa nesta segunda-feira (5). Após 27 anos como CEO da companhia, o bilionário agora vai se dedicar a outros projetos, como a empresa aeroespacial Blue Origin, fundada por ele em 2000. 

O marco inicial das mudanças de Bezos será a participação do executivo em um voo espacial organizado pela Blue Origin, no dia 20 de julho. A viagem, feita por meio da cápsula New Shepard, será o primeiro voo tripulado realizado pela companhia e contará com seis tripulantes, incluindo Mark Bezos, irmão do fundador da Amazon. 

Além de investir na Blue Origin, o executivo declarou ao jornal norte-americano Washington Post, adquirido por ele em 2013, que a troca na liderança o deixará com mais tempo livre para dedicar às suas entidades filantrópicas Day One Fund e Earth Fund. 

Se engana, no entanto, quem pensa que o bilionário deixará de vez a companhia. Isso porque Bezos continuará atuando como presidente-executivo do conselho de administração da Amazon. 

A saída do empresário do cargo de CEO da Amazon foi anunciada em fevereiro deste ano e a data oficial para a mudança foi divulgada no final de maio. A data foi escolhida para celebrar o aniversário da companhia, fundada no dia 5 de julho de 1994.

Quem será o novo CEO da Amazon?

O fundador da Amazon será substituído por Andy Jassy. O executivo é responsável, desde 2006, pelo setor de computação em nuvem da companhia, denominado Amazon Web Services (AWS). 

O novo CEO da Amazon ingressou na companhia em 1997, como gerente de marketing. Após cinco anos na empresa, o bom desempenho de Jassy fez com que ele fosse escolhido para ser conselheiro de Bezos. Desde então, o executivo vem se destacando na liderança de importantes projetos da empresa. 

Inscreva-se na nossa newsletter!