Início » Negócios » Jack Dorsey pede demissão e deixa cargo de CEO do Twitter

Jack Dorsey pede demissão e deixa cargo de CEO do Twitter

O bilionário é um dos fundadores da rede social e atuava como CEO desde 2015
Jack Dorsey pede demissão e deixa cargo de CEO do Twitter
(Foto: Reprodução/Kacper Pempel)

O bilionário norte-americano Jack Dorsey, um dos fundadores do Twitter, anunciou hoje (29) que pediu demissão da rede social e deixará o cargo de CEO, que ocupa desde 2015.

Segundo uma publicação no Twitter, o cofundador continuará como membro do conselho da empresa até o fim de seu mandato, em maio de 2022. Depois disso, ele deixará o cargo.

Agora, Dorsey será sucedido por Parag Agrawal, diretor de tecnologia da big tech desde 2017.

Quem é Jack Dorsey?

Com um patrimônio estimado de mais de US$ 11,8 bilhões, segundo a Forbes, Dorsey é cofundador do Twitter e da Square Inc., uma empresa de pagamentos digitais.

Apesar de estar no Twitter desde a sua fundação, essa não é a primeira vez que Dorsey deixa a companhia. Em 2008, o bilionário foi afastado do cargo por ‘gastar muito tempo fazendo yoha’ e ‘tendo aulas de design de moda’.

Neste ano, Dorsey viralizou após vender o seu primeiro tweet como um NFT por US$ 2,9 milhões (cerca de R$ 16,2 milhões). Basicamente, NFT é um certificado digital capaz de transformar qualquer bem físico ou digital em algo valioso, como uma obra de arte.

Por que ele pediu demissão?

Na publicação feita para anunciar a demissão, Dorsey não entrou em detalhes sobre o caso.

Porém, de acordo com informações da agência de notícias Reuters, o bilionário vinha sofrendo pressão para renunciar o cargo. Isso porque ele estava dividindo o tempo entre administrar a rede social e cuidar da Square, onde ele também é CEO.

Quais são os impactos disso?

Com o anúncio, as ações do Twitter estão operando em queda na bolsa de valores de Nova York (NYSE). Os papéis, negociados com o código TWTR, estão caindo cerca de 1,34%, por volta das 16h.

Entretanto, segundo fontes próximas à empresa, a escolha de Parag como novo CEO deve acalmar os ânimos do mercado, visto que o executivo já é conhecido no mercado.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp