Itaú compra corretora Ideal por R$ 1,3 bi

O objetivo é aumentar o número de brasileiros no mercado de ações
fachada do banco Itaú

BBB vai começar logo mais, porém o Itaú quer que o assunto do momento seja mercado de capitais. Por isso, fez a compra bilionária da corretora digital Ideal.

E aí? Camarote, pipoca ou dividendos? 

Que tiro foi esse, ADM?

O Itaú quer varrer para longe essa fama de malvadão dos grandes bancos. Considerando a nova onda de bancos digitais, será preciso se reinventar para continuar competitivo para os clientes. 

Por isso, o banco acaba de anunciar a aquisição de 100% da Ideal Holding Financeira, corretora digital, plataforma por meio da qual clientes podem ter acesso às ações de empresas. 

A princípio, a compra será realizada em duas etapas ao longo de cinco anos. Primeiramente fará a compra de 50,1% do capital social da Ideal. 

Ou seja, do valor total de mercado da corretora, que foi avaliado em R$ 1,3 bilhão, no primeiro momento o banco fará um aporte de pouco mais de R$ 1 mi. 

Em seguida vai adquirir R$ 650 milhões de ações da Ideal. Somando o aporte inicial + a compra das ações, o Itaú ficará com 50,1% da empresa. O que dará a ele o controle da companhia.

Por fim, passados cinco anos, o banco fará a compra da porcentagem de 49,9% que restou.

E como isso pode fazer o brasileiro investir mais? 

Você que tem conta em um banco digital, já experimentou contar para a sua avó que o seu banco só existe no seu celular e que não dá para ir em uma agência dele?

Experimenta. O susto dela, provavelmente será imediato! 

Porque não adianta, a maior parte dos brasileiros ainda confia muito mais naquilo que eles veem e sentem do que no virtual. 

Então, a confiança que os mais conservadores têm nos grandes bancos pode ser uma aliada, caso esses bancos deem seu selo de aprovação para uma determinada empresa.

O Itaú já possui sua própria corretora, contudo, os métodos inovadores e o fato de ser uma das líderes no volume de negociação no mercado, fez a Ideal valer a oferta de compra. 

Sou cliente da Ideal, o Itaú vai mudar alguma coisa por lá? 

Segundo representantes do banco, não. Tudo segue funcionando da exata maneira como está atualmente. A corretora funcionará de maneira independente, já que sua gestão tem se mostrado um sucesso. 

Afinal, não se mexe em time que está ganhando. 

Inscreva-se na nossa newsletter!