Início » Negócios » Grupo Fleury começa a retomar seus sistemas em hospitais após ataque hacker

Grupo Fleury começa a retomar seus sistemas em hospitais após ataque hacker

Empresa busca restabelecer tudo o quanto antes diante da necessidade dos pacientes que dependem de seus serviços.
fachada do grupo fleury, medicina e saúde
Divulgação/Grupo Fleury

As operações dos laboratórios do grupo Fleury (FLRY3), de medicina diagnóstica, foram afetadas e prejudicadas nesta semana pelo ataque cibernético sofrido na terça-feira (22), como trouxemos a vocês.

O foco desde o primeiro momento foi restabelecer os sistemas para voltar às operações o quanto antes, diante da necessidade dos pacientes que precisam de seus serviços

Em paralelo, enquanto tudo não é 100% retomado, a empresa continua atendendo os pacientes em todas as unidades de atendimento que possuem por meio de soluções de contingência, afirma o grupo.

Ao longo da semana um grupo de profissionais especializado em tecnologia e segurança da informação seguiu avançando nas soluções para que os serviços possam ser retomados de maneira gradual, efetiva e com segurança, divulgou a empresa em um comunicado ao mercado.

Clientes afirmaram ao longo da semana que o sistema estava fora do ar e aguardavam reagendamentos de exames.

“Ressaltamos que nossa base de dados está íntegra e que o atendimento em todas as unidades de atendimento da companhia segue acontecendo por meio de soluções de contingência para garantir a prestação de serviços aos nossos clientes, que seguem recebendo nosso foco e atenção”

diz o grupo

A expectativa é que isso afete as ações da companhia em certo tempo, embora ao longo desta semana não tenha havido grandes oscilações. 

Analistas afirmam ainda que mesmo que o impacto em ações possa não vir a ser significativo, o fato impacta negativamente, uma vez que atrapalha a experiência do cliente:

  • filas
  • tempo de espera
  • reagendamento inesperado de exames
  • entre outros

A empresa afirma que a base de dados segue íntegra e que eles não possuem evidências de vazamento de informações e dados sensíveis e que seguirá informando o mercado sobre a evolução do trabalho da restauração dos serviços.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp