Início » Negócios » Empresa fabricante de carros voadores da Embraer será listada na NYSE

Empresa fabricante de carros voadores da Embraer será listada na NYSE

As empresas brasileiras estão decolando!
carro voador da embraer
(Crédito: Divulgação / Embraer)

A Eve, empresa controlada pela Embraer, confirmou um acordo de fusão com a empresa de cheque em branco (SPAC) Zanite Acquisition Corp. 

A avaliação da Eve está em US$ 2,9 bilhões. A previsão é de que a listagem na bolsa gringa aconteça em 2022. 

O que a Eve faz para ganhar a vida? 

Antes de mais nada, a Eve é a fabricante de carros voadores da Embraer. Ela também é responsável por montar toda a infraestrutura que os serviços de táxi aéreo demandam. 

Esses serviços são basicamente; redes de suporte, pontos de embarque e desembarque, tráfego aéreo, entre outros. 

O principal produto da Eve é o eVTOLs ( veículos elétricos de pouso e decolagem vertical, em português). A tradução já é auto explicativa, convenhamos. 

Ok, dá pra explicar melhor essa fusão? 

A Fusão, de maneira simples, é a combinação de duas ou mais empresas. Neste caso, a Eve e a Zanite deram Match! 

Melhor que a combinação de muitos usuários do Tinder. 

Vale pontuar que a Zanite é uma SPAC. Mais conhecida como “Empresa de cheque em branco”. Segura o coraçãozinho que eu explico. 

Primeiramente, uma SPAC é uma empresa criada para levantar fundos para a aquisição de um outro negócio. 

Ou seja, os investidores compram as ações e com os IPOs captados, as SPACs compram outras empresas. 

E é claro que essa escolha para aquisição é muito rigorosa. De modo que, ser selecionada por uma SPAC agrega muito valor a Eve. 

Para ter uma noção do quanto isso foi positivo, nesta manhã os papéis da Embraer negociados na NYSE subiram cerca de 14%. 

Vai BRASIIIIIIIIL. 

E aí? Será que os carros voadores vem mesmo? 

Primeiramente, toda boa ideia para sair do papel precisa de um belo incentivo financeiro. Além dos valores levantados pela fusão com a Zanite, a Eve ainda receberá um investimento adicional de mais cinco empresas. 

Afinal, com um caixa de US$ 512 milhões fica mais fácil trabalhar. 

Além disso, a Eve recebeu encomendas de 1.735 aeronaves, o que perfaz o valor de US$ 5 bilhões. 

É dinheiro ou não é? 

A previsão é que os primeiros veículos aéreos sejam vistos em 2026. De acordo com a Eve promessa é de que os serviços custem menos de R$ 20 reais. 

Vem 2026!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp