Embraer: ações disparam após Goldman ver US$ 2 bilhões de valor potencial em ‘carro voador’

embraer evtol

As ações da Embraer dispararam após, nesta quinta-feira (23), o Goldman Sachs elevar a recomendação das ações da empresa.

Segundo o banco, em relatório publicado, ele pretende ter 90% de exposição ao mercado com jatos executivos e regionais, desempenho operacional positivo, com margens e fluxo de caixa crescendo e por último, com uma avaliação atrativa de 8 vezes o nosso Ebitda estimado de 2024.

Na bolsa dos EUA (NYSE – New York Stock Exchange), os papéis da empresa (ADRs) subiram quase 11% e na B3, a bolsa brasileira, elas também tiveram uma alta que ultrapassou os 10%.

O que é ADR?

 

ADR é sigla para American Depositary Receipts, que são basicamente recibos de ações de empresas de fora dos EUA, mas que atuam no mercado dos EUA e são negociadas lá.  

  • É análogo a BDR que conhecemos, só que BDR (Brazilian Depositary Receipts) é a versão brasileira de ADR, ou seja, ações de empresas de outros países negociadas no Brasil (ou ADR é a versão norte americana de BDR, como preferir, rs).

O potencial de valorização, segundo o Goldman Sachs, é de 50% no preço-alvo da ADR que a Embraer possui.

Por que a projeção otimista?

 

O argumento do banco em seu relatório é que a Embraer tem um operacional de alto desempenho e com fluxo de caixa que mostra uma grande melhoria, mesmo possuindo um volume oprimido ainda.

E lembram-se da startup Eve, com os eVTOLs? O banco também enxerga potencial neste negócio, que, inclusive, recebeu nova encomenda dos chamados ‘carros voadores’ recentemente.

De acordo com relatórios dos analistas, a Embraer está se recuperando com maestria do período difícil que passou em 2020 na pandemia.

“Diversas parcerias têm sido anunciadas, com destaque para a Eve, que tem se posicionado com um dos principais players globais no desenvolvimento de eVTOLs para mobilidade urbana”

Afirmou o analista Luis Sales a respeito da companhia

Adm

E aí, ansiosos para andarem nos famosos 'carros voadores' da Embraer?

Inscreva-se na nossa newsletter!