Dois brasileiros estão na lista de bilionários da Forbes

Olha a Geração Z já começando a ocupar o espaço da lista da Forbes
Pedro Franceschi, de 25 anos, e Henrique Dubugras, de 26 anos, os novos bilionários segundo a Forbes

Você piscou e a geração dos nascidos entre 1995 e 2010, já são bilionários. 

De acordo com a publicação, da revista Forbes, desta terça-feira, dois brasileiros entraram para a tão impressionante lista de novos bilionários.

Os jovens brasileiros

Pedro Franceschi, de 25 anos, e Henrique Dubugras, de 26 anos, ambos fundadores da Brex, unicórnio e uma das principais fintechs do Vale do Silício, são os novatos nesta lista da Forbes. 

A estimativa é que os dois sócios possuam US$ 1,5 bilhão cada um. 

A Brex é uma startup de cartão de crédito para pessoas jurídicas, o seu grande diferencial é a agilidade. O cartão digital pode ser aprovado em questão de cinco minutos após o cadastro da empresa. 

Por enquanto, a Brex possui cartões disponíveis para empresas dos Estados Unidos. A unicórnio foi avaliada em US$ 12,3 bilhões em janeiro deste ano.

Startups criando bilionários

De 2021 até o começo de 2022, 30 startups tornaram-se unicórnio, ou seja, ultrapassaram a marca de US$ 1 bilhão em valor de mercado. Esse resultado é o dobro do alcançado em 2020.

Junto a isso, novos bilionários surgiram junto com a valorização das empresas. Entre eles, Alex Shevchenko e Max Lytvyn, de 42 anos, com uma fortuna avaliada em US$ 4 bilhões cada um.

Menos bilionários no último ano

Nesse sentido, de acordo com o artigo da revista, são 236 pessoas que entraram para a lista, uma queda de 52,1%, menos da metade, comparado com os 493 novos bilionários em 2021. 

Além disso, os integrantes dessa lista, possuem US$ 400 bilhões a menos, comparado com a edição anterior, muito por conta da lista mais curta.

Ao redor do mundo

São 34 nacionalidades diferentes, dos novos integrantes. Só a China possui 62 nomes nesta lista e lidera entre os países, entre eles, Chris Xu de 52 anos, fundador da Shein e com patrimônio em torno de US$ 5,4 bilhões.

Em segundo colocado estão os Estados Unidos, com nomes como Gary Wang de 28 anos e Scott Shleifer de 44 anos, fundador do fundo hedge Tiger Global Management.

Inscreva-se na nossa newsletter!