CVC Corp sofre ataque hacker

Reservas não foram afetadas

A CVC Corp é dona de marcas como CVC, Submarino Viagens, Experimento Intercâmbio e mesmo com todo esse culhão foi hackeada neste sábado e teve que ativar todos os protocolos de segurança possíveis para minimizar os danos.

Para nós que estamos com viagem marcada para Paris, fiquemos tranquilos porque a companhia afirmou em nota que nenhuma reserva foi afetada.

Os sites próprios da CVC, Submarino Viagens, Experimento Intercâmbio, não foram derrubados pelos hackers, mas ficaram com um aviso de que a central de atendimento estaria temporariamente indisponível por conta dos ataques.

Caso Renner, Fleury e JBS

Outras empresas gigantes que foram vítimas de ataques hackers foram a Renner, a Fleury e a JBS que sofreram um “ransomware”. 

Ransomware é quando hackers derrubam os sites, plataformas, sistemas através de criptografia e cobram um imenso valor em resgate. No caso da Renner, por exemplo, foi cobrado US$1 bilhão para devolução dos sistemas. 

Em Junho, o grupo Fleury também foi alvo de um ataque que derrubou o site da companhia e assustou muito principalmente por lidar com informações sensíveis de saúde dos pacientes.

Uma gigante que decidiu optar pelo caminho de negociar e efetivamente pagar os hackers foi a JBS. A empresa preferiu desembolsar US$11 milhões de dólares para evitar com que seus dados fossem expostos e para recuperar seu sistema mais rápido.

Inscreva-se na nossa newsletter!