Carros voadores da Embraer: mais de 50 são encomendados por empresas

Além de 200 encomendados na semana anterior e de uma parceria com Uber para 2023, agora mais 50 encomendas. Parece que o futuro chegou!
Carros voadores em plataformas de pouso no centro urbano

Ou melhor… ainda não chegou. As entregas estão previstas, na verdade, para 2026.

Calma, o Adm contextualiza você:

A startup de “carros voadores”, como os chamam, da Embraer, Eve Urbain Air Mobility, vendeu 50 veículos elétricos de decolagem e pouso, também chamados eVTOL, para uma empresa que opera helicópteros na América Latina – a Helisul Aviation. Essa notícia foi divulgada pela Embraer hoje!

eVTOL significa "electric vertical take-off and land", ou, em tradução livre: Decolagem e Aterragem Vertical Elétrica.

Na semana passada, a empresa divulgou ainda que recebeu encomenda de 200 unidades do mesmo veículo para outra empresa: a Halo. A Halo fornece serviços de mobilidade aérea urbana privada nos EUA e no Reino Unido – basicamente táxi aéreo.

O presidente da Startup, Andre Stein, diz que soluções disruptivas de mobilidade urbana podem trazer o mesmo tipo de benefícios que a aviação trouxe para viagens mais longas, tornando-as mais acessíveis, oferecendo aos passageiros urbanos mais opções de deslocamento. A Embraer ainda fornecerá serviços abrangentes que incluem soluções de gerenciamento de tráfego aéreo urbano.

Outra novidade é que a empresa está desenvolvendo um desses junto com a Uber, que afirma pretender realizar viagens comerciais a partir de 2023.

Com o crescimento das cidades e do trânsito, congestionamentos em toda parte e necessidade de soluções, a parceria da Embraer com a Helisul tem expectativas de trazer tais soluções de maneira prática e inteligente, melhorando a qualidade de vida nas grandes cidades, além de reduzir a poluição e o tempo de deslocamento das pessoas.

O projeto do eVTOL, da startup Eve, inicialmente possui serviços realizados com pilotos, mas eles também preveem sistemas autônomos para executar tarefas de táxi aéreo e serviços de delivery.

Os valores ainda não foram divulgados pelas empresas envolvidas, mas a Embraer está em fase final de testes e a previsão é que o voo do protótipo de tamanho original ocorra ainda este ano.

Ao redor do mundo, existem no mínimo 140 projetos de eVTOL em fase de desenvolvimento. Estima-se, no setor, que este veículo transforme a aviação oferecendo viagens mais baratas do que helicópteros, por exemplo. 

Uma grande mudança tecnológica será que o eVTOL poderá não precisar de pilotos e também será elétrico. Movido a bateria, espera-se que não emita poluentes e também que a questão da poluição sonora seja reduzida.

Inscreva-se na nossa newsletter!