Início » Negócios » Carrefour congela os preços de todos os seus produtos

Carrefour congela os preços de todos os seus produtos

A iniciativa envolve várias marcas pertencentes ao Carrefour
Entrada de uma loja do Carrefour
(Germano Lüders/Exame)

A história da empresa que congelou os preços para aquecer seu relacionamento com os clientes.

O Carrefour comunicou que irá congelar os preços de todos os produtos da sua marca. Segundo o comunicado, essa iniciativa da empresa foi pensada com o intuito de mostrar o “comprometimento com o acesso à alimentação“.

Quais marcas vão estar envolvidas?

Anota aí que não são poucas: Carrefour, Carrefour Bio, Sabor & Qualidade, Viver, Original, Care, Home, Companino, Soft, Men, My Baby, Essential, Veggie, Mercado, Classic e Selection. 

E quais produtos terão seus preços congelados?

Todos os produtos das marcas citadas. Entre eles, estão contemplados alimentos e itens de higiene que estão presentes no cotidiano das pessoas como arroz, feijão, macarrão, leite, ovos, carnes, frutas, entre outros.

Quando começará esse congelamento de preços?

Essa iniciativa começará desde o dia 4 de novembro de 2021 e vai até o dia 10 de janeiro de 2022, contemplando as lojas físicas do Carrefour, Carrefour Hiper e Carrefour Express, além das lojas online como o site e o aplicativo.

Lembrando que não é a primeira vez que a empresa promove ações deste tipo. Em abril deste ano, o Carrefour criou uma lista de 11 produtos que seriam comercializados com desconto de até 30%. 

Quais os impactos desta ação?

Bom, nitidamente para os clientes do Carrefour a vantagem é que com os preços congelados, a tendência é que os produtos essenciais tornem-se mais acessíveis. 

Porém, esse congelamento pode afetar não só a empresa, que aposta no volume de vendas para não sofrer com as finanças no final do trimestre, como também pode influenciar seus concorrentes e seus preços. 

E quando falamos de concorrentes, não estamos nos referindo apenas aos outros supermercados, mas a outras marcas também, mesmo que a ação seja voltada para as classes mais baixas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp