Amazon planeja abrir lojas de departamento nos EUA

Magalu que se cuide se esse plano da Amazon se estender pro Brasil...
Amazon planeja abrir lojas de departamento nos EUA

Magalu e Americanas devem estar ligadas nessa notícia aqui… A Amazon planeja abrir lojas de departamento nos Estados Unidos, de acordo com fontes próximas da empresa. A gigante de Jeff Bezos quer aumentar o seu alcance na venda de roupas, utensílios domésticos e aparelhos eletrônicos.

As primeiras lojas devem ser inauguradas nos estados de Ohio e Califórnia e a ideia da Amazon é utilizar espaços de cerca de 2,7 mil m². Se você, como eu, não tem a menor noção do que essa metragem representa, as unidades serão menores do que as lojas de departamento tradicionais. 

A proposta da empresa é oferecer os itens das marcas mais consumidas, além dos produtos da própria Amazon, que devem ganhar um destaque especial.

Quais são os benefícios de abrir uma loja física em pleno 2021?

Bom, meu amigo, abrir uma loja física ainda é uma ótima maneira de atingir um público mais amplo, até mesmo para as gigantes do varejo. 

No caso da Amazon, o setor de vestuário será o maior beneficiado, já que boa parte das pessoas preferem comprar roupas pessoalmente do que na internet. 

Afinal, nada pior do que pedir aquela camiseta que você queria há muito tempo, esperar a entrega e só então descobrir que ela é muito pequena, né?!

Além disso, outro benefício é que essas lojas podem ser uma opção melhor para quem precisa de algum produto com urgência. 

Vale lembrar que as lojas físicas não são uma novidade para a Amazon, embora as grandes unidades de departamento sejam. Isso porque a companhia liderada por Jeff Bezos inaugurou sua primeira loja física em 2015, em Seattle, nos Estados Unidos.

A unidade, em formato de livraria, foi uma maneira encontrada pela empresa para tentar se diferenciar de seus concorrentes. Na loja, a Amazon oferece seus leitores de e-books, os famosos Kindles, e também conta com uma lista de livros selecionada com base em um sistema de classificação. 

Se você chegou até aqui, você provavelmente vai gostar de: Amazon mostra interesse no mundo das criptomoedas

Inscreva-se na nossa newsletter!