Twitter vai levar Elon Musk aos tribunais e ações já sentem

Depois de tomar uma porrada, a rede social agora pretende fazer exigências ao bilionário que desistiu do acordo de compra
Elon Musk pensativo, simbolizando processo do Twitter

Parece que mesmo depois de pular fora do barco, o homem mais rico do mundo, Elon Musk, vai precisar ouvir muito ainda do Twitter.  

Elon Musk vs Twitter: a batalha

O polêmico Elon Musk, não deverá ter uma noite de sossego até que a sua situação com o Twitter seja resolvida. Isto porque o relacionamento entre o bilionário e a rede social, depois de uma série de conflitos, passa agora por um término traumático.

Na última sexta-feira (08), Elon Musk havia declarado oficialmente a quem quisesse ouvir que não fazia mais parte do seu plano comprar a rede social. Contudo, a recusa do bilionário motivou reações inflamadas no Twitter, tanto na diretoria quanto nas ações.

Agora o passarinho azul pretende contestar na justiça as justificativas de Musk para a interrupção da compra. Nesse sentido, o Twitter deve exigir o pagamento da multa de US$ 1 bilhão, ou ainda querer, usando cláusula do contrato, que o negócio seja feito à força.

Leia mais:

Inflação em junho puxou o tapete de analistas, mas ainda preocupa

Deu match: Itaú e Avenue noivaram

Me lembra da fofoca ADM…

Em abril Musk e o Twitter informaram que estavam em estágio avançado de namoro, e que a aquisição da rede social estaria próxima. Na ocasião, o valor estimado para a compra total das ações da empresa havia sido de US$ 44 bilhões.   

No entanto, desde o início das conversas, as polêmicas tomam conta das notícias. De acordo com Musk, o Twitter estaria escondendo dados sobre perfis falsos, o que afetaria o valor da rede social. Já o Twitter, negou até a morte. O desfecho agora você já sabe…

E agora?

O caso deve parar nos tribunais de Delaware, famosos por não serem muito simpáticos às quebras de acordo. Para aumentar a dor do Twitter, por volta das 11h30 de hoje (11), as suas ações na Nasdaq, bolsa famosa pelas bigtechs, caiam 7,28%, valendo US$ 34,13.

Inscreva-se na nossa newsletter!