Ronaldinho Gaúcho lança coleção de NFTs

Craque também planeja criar seu próprio Metaverso

O bruxo está soltinho. Ronaldinho Gaúcho lançou na segunda-feira (04/04) sua própria coleção de NFTs e ainda quer criar seu próprio Metaverso. 

Qual é o novo ‘rolê’ aleatório do bruxo? 

O craque, Ronaldinho Gaúcho, lançou sua coleção de NFTs, tokens não fungíveis, em português. 

Os NFTs são avatares do tipo ‘Profile Picture’, PFP, que quer dizer que seus proprietários podem usá-los como foto de perfil em redes sociais. 

Ainda, os tokens do bruxo podem ser encontrados na plataforma Shirtum e receberam o nome de “Dinhos”. Own, fofo. 

Por fim, os Dinhos do ídolo do futebol estão sendo vendidos por 0,085 Ethers, o que equivale a U$$ 295 dólares. 

E que história é essa de Metaverso? 

De acordo com a página oficial onde os NFTs do craque estão sendo negociados, quem tiver pelo menos um Dinho vai receber outros itens que serão utilizados no Metaverso do Ronaldinho Gaúcho. 

Além disso, aqueles que comprarem a figurinha digital poderão conversar com o ex-Barcelona pelo Discord, uma plataforma de comunicação, e ainda poderão encontrar pessoalmente o homem. 

Contudo, ainda não há maiores detalhes de como esse universo virtual vai funcionar. 

Algum palpite? 

Vale a pena investir nessas NFTs? 

Quem é o ADM para dizer o que você deve fazer com seu dinheiro? Porém, os ativos digitais, como criptomoedas e NFTs crescem a cada dia. 

De acordo com o Índice de Adoção de Criptomoedas do Finder, em dezembro do ano passado 14% dos usuários de internet no Brasil possuíam ativos digitais. Em outubro o percentual era de 10%. 

Mas veja lá, hein, coração, não é por isso que você vai investir em qualquer produto virtual. Estude e avalie bastante para não dar uma bola fora. 

Inscreva-se na nossa newsletter!