NFTs: o que são e como ganhar dinheiro com essa tecnologia

Os NFTs estão se tornando cada vez mais populares e você pode criar um deles!
Comece por aqui
Início » Investimentos » NFTs: o que são e como ganhar dinheiro com essa tecnologia

Se você acompanha nossa newsletter ou está um pouco mais ligado no universo da tecnologia, você provavelmente já ouviu falar sobre NFT

Esse termo é a sigla para non-fungible tokens, ou tokens não fungíveis, em português. Apesar de parecer complexo, esse é o nome dado a um certificado de autenticidade digital que é capaz de transformar uma mídia digital em um bem único e valioso.

Caso ainda esteja difícil de entender, vamos exemplificar: Você já viu aquele meme de um gatinho deixando um rastro de arco-íris? Essa imagem, conhecida como Nyan Cat, foi criada em 2011 por Chris Torres. 

Neste ano, o autor transformou a imagem em um NFT e negociou o certificado dela por US$ 580 mil. Uma grana dessas cairia bem hoje…

NFT: o que é e como ganhar dinheiro com isso
Nyan Cat

Parece um episódio de Black Mirror, mas é realidade. Os NFTs estão tão populares que já estão ganhando espaço até entre as empresas mais tradicionais do mercado financeiro.

A Visa, por exemplo, anunciou nesta semana a compra do CryptoPunk 7610 por 49,5 Ether (cerca de R$ 883 mil), que é uma das criptomoedas mais utilizadas para a negociação dos NFTs. Os CryptoPunks são uma série colecionável de artes criptografadas.

NFT: o que é e como ganhar dinheiro
CryptoPunk 7610

Atualmente, existem 10 mil punks em circulação e cada um conta com uma característica própria. Todos são representados por desenhos em estilo 8-bit, mas eles diferem por conta de acessórios, gênero, cor da pele e alguns não são nem humanos, como aliens ou zumbis.

Em meio a esta história toda, você sabia que é possível ganhar dinheiro com essa tecnologia? 

Esses tokens estão mais perto de nós do que parece. Para que você possa entendê-los, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre os NFTs!

O que são NFTs?

Se você chegou até aqui, agora você já entende um pouco melhor sobre o que são os NFTs. 

De modo geral, essa tecnologia utiliza um sistema de segurança digital, denominado blockchain, para transformar qualquer mídia digital em um bem único e possivelmente valioso.

Adm Explica

Blockchain é também a tecnologia por trás da maior parte das criptomoedas. Este termo se refere a uma espécie de banco de dados. É por meio dele que as transações destes criptoativos, como bitcoin, ether e dogecoin, são armazenadas e distribuídas, de forma descentralizada.

Quando uma pessoa compra a imagem de um meme em NFT, por exemplo, isso não significa que aquela foto deixará de ser compartilhada nas redes sociais. Porém, o comprador será a única pessoa no planeta a deter os direitos daquela NFT, caso isso esteja previsto no contrato.

Na prática, é como se você pudesse transformar memes, músicas, itens colecionáveis, imagens e qualquer produto do meio digital em uma obra de arte a la Mona Lisa. Já pensou?

Afinal, a criação de Leonardo da Vinci ainda é reproduzida e compartilhada, mas a versão original (e mais valiosa) é somente aquela que está no museu do Louvre.

“Um item fungível, como o dinheiro, pode ser trocado por outro. Uma cédula de Real pode ser substituída, desde que de mesmo valor. Já os itens infungíveis são como as obras de arte, objetos raros e exemplares únicos”, explicou Lucas Cardeal, CEO da plataforma de blockchain Lunes, em entrevista à The Compass.

Exemplos de NFTs

Como já deu para notar, os NFTs são um sucesso e já deixaram muitas pessoas milionárias. Um dos casos mais famosos foi a venda do primeiro tweet feito pelo CEO do Twitter, Jack Dorsey, por R$ 15,9 milhões em março deste ano.

Seguindo essa linha de coisas aleatórias que foram transformadas em NFT, o código-fonte original da World Wide Web, a nossa tão adorada “www”, também já foi comercializado. O arquivo original do código, escrito entre 1990 e 1991, foi arrematado por cerca de R$ 28,9 milhões neste ano.

Até mesmo casas em NFT já foram vendidas. A canadense Krista Kim levantou mais de R$ 2,75 milhões ao vender a Mars House, a primeira casa virtual negociada no mundo. O imóvel transformado em obra de arte é, basicamente, um arquivo em 3D que pode ser explorado com realidade aumentada.

NFT: o que é e como ganhar dinheiro
Mars House

Recentemente, até o Messi entrou nessa história. Isso porque o designer digital BossLogic criou uma coleção de obras de arte criptografadas do jogador, chamada de “Messiverso”. As obras estão sendo vendidas por valores a partir de R$ 270.

Além desses casos, existe ainda uma infinidade de possibilidades que podem ser exploradas com os NFTs. De acordo com o CEO da Lunes, a tecnologia pode ser aplicada nas seguintes áreas:

  • Obras de arte;
  • Memes;
  • Itens virtuais em videogames: skins, moedas virtuais, armas e avatares;
  • Músicas;
  • Receitas;
  • Colecionáveis: cartões, vídeos de momentos esportivos;
  • Ativos tokenizados do mundo real: imóveis, carros e jóias;
  • Terrenos virtuais.

Onde comprar e como criar?

Agora vamos ao que realmente interessa: “onde encontrar e como criar os NFTs?“. Felizmente, já existem diversas plataformas que facilitam o processo de registrar e negociar um desses itens.

Além da Lunes, plataformas como Rarible, Juggernaut, OpenSea e BakerySwap são algumas das opções bastante conhecidas que podem ajudar neste processo.

De modo geral, para transformar algo em um NFT, você precisará criar uma carteira em uma destas plataformas. Em seguida, o próximo passo é adquirir uma quantidade de Ether para pagar as taxas necessárias para converter a sua mídia digital em um desses itens.

Então, é só escolher o arquivo digital que você pretende transformar em um NFT e seguir as instruções determinadas em cada uma das plataformas.

Como ganhar dinheiro com os NFTs?

Depois de criar o seu NFT, a pergunta que fica é: “como ganhar dinheiro com isso?”. De acordo com o CEO da Lunes, a venda de artes digitais é uma das principais maneiras de ganhar dinheiro com essa tecnologia. Além disso, os mercados da música, fotografia e desenho também estão se destacando.

Outra dica é investir na valorização de um bem ou uma pessoa. “Recentemente, a tenista profissional Oleksandra Oliynykova colocou em leilão uma parte do seu braço para que o dono coloque uma tatuagem visível. Segundo ela, quanto mais fama ela ganha, se uma marca ficar tatuada no seu braço, será mais vezes exibida na televisão ou campeonatos”, explicou Lucas.

Além disso, outra boa opção é ganhar dinheiro com a revenda. Basicamente, isso significa comprar um NFT em baixa e esperar a valorização para vendê-lo.

Se você ainda não se convenceu sobre a relevância desse mercado, saiba que as expectativas são bastante otimistas. Afinal, os NFTs estão se popularizando cada vez mais, especialmente em meio a valorização das criptomoedas.

"Essas notícias começam a ganhar manchetes e chegam ao conhecimento da população, principalmente dos que buscam conhecimento sobre tecnologia, descentralização e mercado financeiro. Praticamente metade do dinheiro desse novo mercado circula em torno de itens colecionáveis",

finaliza Lucas Cardeal, CEO da Lunes.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp