Minerva nega que vai fechar capital após ações dispararem

Os rumores provocaram uma alta de mais de 14%
minerva fachada

Minerva (BEEF3) é uma empresa de capital aberto que atua na comercialização de carnes e seu processamento, couros, derivados e também na exportação de gado.

Ontem (12), o site Pipeline, do Valor, publicou uma reportagem afirmando que a empresa estava discutindo fechar capital. Isso fez com que as ações subissem mais de 14% no fechamento de ontem. Hoje, no entanto, a empresa negou o fato.

Segundo a reportagem de ontem, a operação de fechamento também estaria sendo motivada pela geração de caixa forte e regular da empresa, dando uma “folga” para seguir com isso, já que o custo para retirar suas ações da bolsa seria em torno de R$ 3 bilhões.  

A empresa, questionada pela CVM após a grande oscilação, afirmou que não pretende fechar capital e que manterá os acionistas informados sobre qualquer notícia relevante a respeito, acrescentando que não há nada acontecendo que justifique a grande oscilação e o volume de negociações ocorrido.

“A companhia ressalta, contudo, ter tomado conhecimento de notícia veiculada na mídia nesta data sobre supostas discussões envolvendo seu possível fechamento de capital, podendo esses rumores ter contribuído para afetar as negociações e dado ensejo às oscilações verificadas. Nesse contexto, a companhia reforça que não há qualquer informação passível de divulgação sobre o assunto objeto dos rumores e que não pretende fechar o seu capital”

Afirma a empresa

Segundo o que a Minerva divulgou após a notícia de ontem, ela está atenta a oportunidades de gerar valor, especialmente por meio de arbitragens de mercado, mas ressalta que não há nada concreto a ser compartilhado neste momento.

 

Curte ações? Você também pode se interessar pelo nosso artigo sobre Análise fundamentalista. E caso esteja preparando sua reserva de emergência, não deixe de ler sobre a Taxa Selic, a nossa taxa básica de juros. Para os amantes de leitura, a bola da vez é nosso artigo sobre livros relacionados a investimentos que você não pode perder!

Inscreva-se na nossa newsletter!