Magalu: o maior ranking do mundo em retorno aos acionistas

Oloquinho, meu!
Lu, da Magalu apontado o celular com app da Magazine Luiza

Orgulho pra nós brasileiros, né?

O ranking global sobre retorno para os acionistas teve sua posição de primeiro lugar ocupada pelo Magazine Luiza  (MGLU3).

Fizeram parte dessa pesquisa outras empresas brasileiras, como Usiminas, Vale, WEG, Localiza, Sanepar, Gerdau, B3, B2W e outras.

Foi analisado o TSR (sigla em inglês para Total Shareholder Return, que significa retorno total ao acionista) dos últimos 5 anos entre 2400 empresas. A pesquisa se chama Value Creators Ranking e é feita pelo BCG (Boston Consulting Group).

O retorno gerado pela Magalu, segundo a pesquisa, foi de 226,4% considerando ganhos em valorização de mercado e dividendos anualmente. O ranking completo foi divulgado apenas para empresas consideradas “large caps”, que foram apenas 200.  

O que são Large Caps?

São empresas com capitalização, ou seja, valor de mercado de no mínimo US$ 68 bilhões.

Além da Magalu, as duas empresas que se destacaram dentro das large caps foram a Vale (VALE3), em 9º lugar, com um retorno de 51% e a Petrobrás (PETR3/PETR4) em 24º lugar com 35%.

Em meio, também, ao valor criado pelas plataformas de pagamento da Magazine Luiza, o Magalu Pay (focado em compradores) e Magalu Pagamentos (voltado aos vendedores) e às recomendações de compra espalhadas por aí, as ações da Magazine Luiza fecharam ontem (24) com uma alta de quase 8%, junto com uma alta de 1,17% do Ibovespa.

A empresa diz que tem como objetivo criar um ecossistema completo para compradores e vendedores, realizando aquisições de empresas como a Hub Fintech, no final do ano passado, que contribuem para esse objetivo.

Quanto ao varejo, a possível retomada dos serviços presenciais decorrente do avanço da vacinação deve trazer melhores resultados depois do crescimento exponencial do canal do e-commerce no começo do ano, podendo reduzir os impactos negativos trazidos pelos fechamentos das lojas com a pandemia.

Isso não quer dizer, no entanto, que o movimento de compras online vá diminuir: a proposta da Magalu de se adaptar às condições adversas se mantém.

Assim como muitas empresas pretendem continuar, em parte, no home office mesmo depois da liberação gradual, acredita-se que muitos consumidores agora também optarão por fazerem as compras do conforto de seus lares.

E já que falamos de Large Caps, vamos trazer o que são Small Caps também, que é um termo que você poderá ainda ouvir em sua jornada de investidor:

Mão segurando uma lâmpada no horizonte
Imagem: Unsplash/Diego PH
A regra número 1 para o megainvestidor, Warren Buffett, é: “nunca perca dinheiro”. Não precisa ser muito experiente no mundo dos investimentos para perceber o quanto essa regra é óbvia e importante.

*Pra saber o valor de mercado de uma empresa, é só multiplicar o preço das ações pelo número total de ações emitidos pela empresa.

E se você veio do Instagram, um bônus: o termo “split”, no final da legenda, significa desdobramento de ações. Embora nossos seguidores já estejam cansados de ler sobre isso, vamos de novo:

Split (termo inglês) ou Desdobramento é quando a empresa aumenta o número de ações que ela possui por meio da divisão de uma ação em mais ações.

Ele é usado para aumentar a liquidez (o volume de negociações) facilitando o acesso ao pequeno investidor, por exemplo, já que o preço é dividido.

Inscreva-se na nossa newsletter!