Luna ultrapassa ETH e se torna 2ª maior cripto usada para renda passiva

Só perde para a Solana
cripto Luna

Por que choras, rede Ethereum? Vem ver o show da Luna para animar. Cripto da rede blockchain, Terra, acaba de passar sua inimiga e se torna o segundo maior ativo utilizado para renda passiva. 

Ainda não entendi o que é uma blockchain. Ajuda?

Claro, chuchu. Blockchain é um sistema, uma rede, que permite que você faça registros, armazenamento de dados e informações sobre transações financeiras. 

Pense por exemplo no Pix. Ele também é um sistema por onde as pessoas fazem transferências de dinheiro de forma rápida e gratuita. 

Assim, uma rede blockchain permite que seus usuários façam transferências de ativos de uma pessoa para outra, e ainda, permite a criação de contratos sem a necessidade de uma carimbada de um chefe de cartório. 

E é aí que entram as criptomoedas, ou seja, o tal do dinheiro virtual, já que eles correm nessas redes blockchains, permitindo que você pague por serviços usando a moeda daquela rede. 

Pescou, baby? 

Quer dizer que a moeda Luna agora vale mais que ETH?

Não! A criptomoeda Ether ainda vale muito, pouco mais de R$14 mil. Enquanto que uma Luna vale cerca de R$460. 

O que acontece é que agora a cripto, Luna, que circula na rede blockchain chamada ‘Terra’, ultrapassou o ativo digital da rede Ethereum, o Ether, e agora é a criptomoeda mais utilizada para renda passiva. 

Isso porque, a Luna tornou-se a segunda moeda mais depositada em contratos de staking, derrubando o Ether para a terceira posição. 

O que é um contrato de staking?

O staking é uma forma de conseguir renda passiva dentro de uma carteira digital. Quando você deixa sua moeda virtual por determinado período dentro de uma carteira, você poderá ser escolhido para ser um validador de blocos. 

Ou seja, aquele que dá um ‘joinha’ para uma transação que acontece dentro de uma blockchain. 

Esse é o famoso ‘Proof of Stake’. 

Então, ao fazer isso, o validar ganha uma recompensa, que nada mais é que um pagamento por fazer com que a rede funcione. 

Concluindo, os valores que têm sido depositados por usuários da Luna para serem escolhidos como validadores, ultrapassou os valores que estão sendo depositados com o mesmo fim na rede Ethereum. 

Dá-lhe, Terra! 

Inscreva-se na nossa newsletter!