Fusão da WarnerMedia com a Discovery

Liga da Justica

Será que rola uma boa briga como Disney e Netflix?

A AT&T confirmou nesta semana um acordo a respeito da fusão da Discovery com a WarnerMedia (ramo de mídia da AT&T) que é dona dos canais HBO, TNT, CNN e do estúdio de cinema WarnerBros, com a Discovery.

Caso não conheça, a AT&T é uma gigante de telecomunicações e de mídia, vídeo e dados e internet para empresas, já foi a maior companhia telefônica e operadora de televisão a cabo do mundo e já chegou a cobrir mais de 90% da área dos EUA.

Uma vez aprovada a fusão, nasce uma nova empresa que a gente espera que seja brabíssima, avaliada num valor próximo a US$150 bilhões.

Os acionistas da AT&T ficariam com os ativos que representariam 71% da nova companhia e os 29% restantes é dos acionistas da Discovery.

A quantidade de streamings disponíveis para o consumidor está aumentando e isso faz com que as empresas devam se esforçar cada vez mais para ter seus diferenciais e trazer uma experiência de qualidade e única ao cliente.

Netflix, Amazon Prime, Disney Plus, Apple TV+ e Netflix são alguns dos exemplos de concorrentes grandes no ramo.

Quem comandará os negócios combinados será o CEO do Discovery, David Zaslav, de acordo com o anúncio desta segunda (17). Segundo eles, os executivos de ambas as empresas vão desempenhar funções de liderança-chave dentro da companhia.

O negócio ainda está sujeito à aprovação regulatória, mas os conselhos de ambas as empresas já aprovaram.

Inscreva-se na nossa newsletter!