Início » Investimentos » ETF de índice americano tecnológico da Nasdaq chega ao Brasil

ETF de índice americano tecnológico da Nasdaq chega ao Brasil

100 maiores empresas não financeiras são representadas pelo índice, agora disponível para nós.
wall-street-mercados-nasdaq
REUTERS/Mike Segar

Agora, o fundo que replica o índice das 100 maiores empresas da bolsa de valores americana NASDAQ será negociado aqui no Brasil. O nome desse ETF será NASD11, representando o índice Nasdaq-100.

Vamos desde o começo: Um índice no mercado financeiro é basicamente um indicador de desempenho de um determinado grupo de ações listadas.

O índice Nasdaq-100 existe há mais de 30 anos e é um dos índices de tecnologia mais conhecidos do mundo, pois ele representa as 100 maiores empresas não financeiras e de base tecnológica listadas na bolsa de valores NASDAQ.  

Apple, Microsoft, Amazon, Tesla, Facobook, Alphabet (controladora do Google), Paypal, eBay e Zoom são algumas das companhias que compõem o índice. Juntas, todas as 100 empresas do índice somam um valor de mercado maior do que US$ 15 trilhões.

E o que é ETF?

ETF é sigla para Exchange Traded Funds, basicamente fundos que replicam índices (como por exemplo o ETF da nossa bolsa de valores que replica o índice ibovespa é o BOVA11). 

E este é o primeiro ETF do índice Nasdaq 100 disponível em uma bolsa na América Latina – no caso, a nossa querida B3.

O fundo foi disponibilizado XP e é bem acessível até: o preço unitário é R$10,00 e o lote mínimo é de 10, ou seja, com 100 reais você já consegue se expor a todas essas empresas.

ETF Nasdaq100 sendo apresentado na B3-min
Divulgação|B3

Segundo a XP, todos os perfis de investidores, inclusive do varejo, poderão acessar o produto e a taxa de administração será de 0,3%.

O vice-presidente e chefe de índices e serviços de assessoramento da Nasdaq, Sean Wasserman, afirma que “o índice representa a nova indústria global e reúne empresas de biotecnologia a games”.

Segundo os especialistas em fundos internacionais, trata-se de companhias que estão transformando a economia mundial e a exposição a ativos internacionais pelo investidor brasileiro é muito importante e deve ser sempre considerada.

O ETF NASD11 começa a ser negociado na B3 a partir de hoje, segunda-feira (24). 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp