Início » Investimentos » Estrangeiros de olho no Petróleo do Brasil?

Estrangeiros de olho no Petróleo do Brasil?

Ações da BR Distribuidora, vendida pela Petrobrás semana passada, ficam em sua maioria com investidores estrangeiros.
Imagem posto BR distribuidora
Reuters

A oferta secundária de ações da BR Distribuidora (BRDT3), anunciada semana passada e vendida pela Petrobras (PETR3, PETR4) foi precificada em R$ 11,36 bilhões.

Qual a diferença de oferta primária e oferta secundária?

Adm Explica

O que diferencia uma da outra é a origem das ações e para onde vai o dinheiro captado na oferta.

Na oferta primária, a empresa emite e vende ações no mercado e assim ela aumenta seu capital social, ou seja, o recurso vai para a empresa.

Já numa oferta secundária quem vende as ações é um acionista e não a empresa propriamente. Assim, o dinheiro levantado vai para o bolso do acionista que diminuiu ou finalizou sua participação acionária na empresa.

Voltando à oferta secundária da semana passada, no caso foi a Petrobrás que vendeu toda a participação que tinha na BR Distribuidora.

E quem ficou com 34% de toda a venda foram investidores estrangeiros!

De acordo com o anúncio de encerramento das operações, das quase 437 milhões de ações vendidas pela Petrobrás, foram quase 150 milhões compradas por investidores de fora.

💰Como o preço por ação foi R$ 26, o total internacional captado foi próximo a R$ 4 bilhões. O coordenador líder da oferta, Morgan Stanley, e suas afiliadas fazem parte da contagem dos papéis.

Vale lembrar que essa oferta está encerrando um processo que começou há algo próximo a 4 anos, em que a privatização da empresa de fato ocorreu – 2019, com a Petrobrás deixando de ter o controle da empresa.

Os motivos pelos quais isso ocorreu provavelmente têm a ver com a perspectiva sobre a expansão de produtos e serviços oferecidos pela companhia, além de outros fatores relevantes para o setor.📈

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp