Início » Investimentos » El Salvador caminha para oficializar Bitcoin como moeda

El Salvador caminha para oficializar Bitcoin como moeda

Se der certo, El Salvador seria El Primeiro país no mundo a utilizar o Bitcoin como moeda de curso forçado. Pega la vision.
El Salvador
Camilo Freedman/Bloomberg via Getty Images

El Salvador quer salvar o rolê e se tornar o primeiro país do mundo a utilizar o Bitcoin como moeda.

Em Miami, nos Estados Unidos, a maior conferência sobre Bitcoin no mundo aconteceu nesta semana que passou: a Bitcoin 2021.

Durante os trabalhos por lá, o mundo se atentou a um homem, um monstro, uma máquina de sonhos, um herói libertador! O todo poderoso… presidente de El Salvador. 

Brincadeiras à parte porque não somos íntimos, mas Nayib Bukele, presidente do pequeno país da América Central deu o que falar.

O chefe-de-Estado afirmou que vai levar ao congresso de El Salvador uma proposta para que o Bitcoin seja considerado moeda de curso forçado no país. O esforço por si só já é monumental, e se concretizado, será histórico.

Vengan conmigo, mis hijos! Eu explico.

Moeda de curso forçado nada mais é do que uma moeda utilizada na economia por força da lei. É quando um governo garante o valor de uma moeda por decreto. 

O que faz de El Salvador um excelente laboratório para este experimento no mundo é a sua composição. 

O país é considerado uma ‘cash economy’, onde mais ou menos 70% da população não tem conta em banco ou cartão de crédito: a parada lá é dinheiro.

Depois, mais de 20% do PIB de El Salvador vem de remessas estrangeiras; ou seja, a cidadã que saiu de El Salvador mas manda dinheiro pra casa. Só que é aí que a Cuca te pega: as taxas nesse tipo de serviço às vezes passam de 10%, e a burocracia em volta dessas transações é enorme também.

Por isso, o Bitcoin pode não só adiantar a vida de uma galera por lá, unindo tecnologia à desburocratização de todo um sistema econômico.

A CNBC apurou que o projeto já tem time e que os trabalhos estão a todo vapor. Em Março, a plataforma de pagamentos Strike estreou o seu aplicativo no país e em pouco tempo se tornou o app com mais downloads em El Salvador.

O presidente se emocionou e falou que semana que vem o projeto já está no congresso — que é majoritariamente pró-governo, e, portanto, é capaz de dar bom.

O que você acha? 

Por um lado, a euforia em torno de um projeto como esse é grande, e pode significar mais espaço para o Bitcoin e as criptomoedas no nosso futuro. Por outro, apreensão e atenção ao ver cada vez mais governos interessados nesse mundo.

Deixa quieto ou vambora?  

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp