Gautama Adani: o indiano que ganhou US$ 40 bilhões em um ano

O império do indiano cresceu graças aos seus investimentos
Gautam Adani, bilionário indiano

Estar entre os que mais enriqueceram no ano passado é um feito que qualquer um de nós gostaria, mas o que causou esse crescimento tão grande para Gautama Adani?

O indiano Gautama Adani, viu o seu patrimônio crescer, aproximadamente, 80% de 2021 para 2022, resultando em um ganho de US$ 39,5 bilhões no período. 

Com isso, a sua fortuna, atualmente, gira em torno de US$ 90 bilhões e está em décimo primeiro lugar entre os mais ricos do mundo e o terceiro que mais enriqueceu no ano passado. 

Quem é Gautama Adani?

Gautama Adani é o presidente da Adani Group, uma holding que possui subsidiárias em diversos setores da economia indiana. Dadas as suas devidas proporções, é como se fosse a Berkshire Hathaway da Índia. 

Mas acalme o coração, Adani não é o Warren Buffett indiano. Apesar de sua alta rentabilidade no ano passado, para ter um título como esse, precisa de anos e anos no mercado. 

Voltando. A empresa possui investimentos em empresas dos setores de carvão, imóveis, geração de energia, serviços digitais, etc. Além de possuir o maior operador portuário privado da Índia e ter 74% do controle do Aeroporto Internacional de Mumbai. 

E para somar a todo esse portfólio recheado, Adani ainda possui um plano de renovar a sua carteira, para que sua participação em empresas com propósito sustentável aumente.

Além disso, na última semana, a holding IHC fez um investimento de US$ 2 bilhões em três empresas de Adani, o que ajudou sua valorização. 

Quem mais enriqueceu no ano passado?

Bom, o bilionário indiano, como já foi dito, ficou em terceiro lugar com um aumento de US$ 39,5 bilhões a mais em sua conta. 

Logo em seguida vem o chinês-canadense Changpeng Zhao, CEO e dono da maior corretora de criptomoedas do mundo, a Binance. Ele teve um crescimento de US$ 63,1 bilhões em seu patrimônio.

E em primeiro lugar, claro, o mais novo acionista majoritário do Twitter e atual CEO da Tesla, Elon Musk. O magnata viu seu patrimônio crescer em US$ 68 bilhões. 

Inscreva-se na nossa newsletter!