Bolsas de valores despencam no mundo todo

Ações de petroleiras sobem
bolsas de valores

Logo agora que o dólar acabou de bater R$5, o couro começa a comer na Ucrânia. Brasileiro não tem dois dias de paz. Bolsas de valores despencam no mundo todo, e a B3 está nesse bolo. 

Chora não, miséria. 

Caíram todas as bolsas de valores?

Caíram não, despencaram! Não sobrou nenhuma para contar a história. Na Alemanha, a maior economia da Europa caiu 4,65%; a bolsa de valores russa chegou a cair 50% e em Londres, a queda foi de 2,89%. 

Já no Brasil, o escorregão foi de 2,04% e o dólar subiu para R$5,12. Já as bolsas americanas redefiniram o tombo de Karol Conká. Em New York, a S&P 500 caiu 11% e a Nasdaq despencou para 17%. 

“Já que é pra tombar…”. 

Por que as bolsas estão caindo?

Um dos principais motivos é a realocação de recursos. Nesse caso, o investidor deixa de aplicar dinheiro em empresas que produzem coisas que no momento não são tão úteis.

Ou seja, por que investir dinheiro em uma empresa que fabrica roupas de luxo, como a Gucci, se você pode investir em ações de petroleiras, por exemplo, que produzem o combustível mais utilizado por todo o mundo? 

Aliás, os papéis das petroleiras foram os mais valorizados em razão da possível guerra entre a Rússia, Ucrânia e demais países da Otan. No Brasil, as ações da Petrobras ganharam um gás de 3,11% e podem subir mais. 

Então, com medo de perder dinheiro, os investidores transferem suas verdinhas para tesouros de governos e outras fontes que costumam sobreviver aos golpes que a vida dá. Por exemplo, os títulos de renda fixa. 

Assim, o mercado de renda variável vai sofrendo igual o coração de iludidos.

E quais as consequências disso?

As piores possíveis. As empresas deixam de receber capital, passam a produzir menos, e com menos produtos disponíveis, mais gordinha a inflação vai ficando. 

Isso quer dizer que se os preços dos alimentos, combustíveis e energia já estavam caros, pode se preparar para abrir ainda mais a carteira, bebê. 

Ou seja, se você tinha um sonho de comprar por esses dias uma blusinha nova, apenas desista. 

Inscreva-se na nossa newsletter!