Bitcoin quase zera os ganhos do ano e cai abaixo dos US$30k

Nas últimas 24 horas o mercado de criptoativos perdeu cerca de US$ 89 bilhões de dólares. E agora?
Objeto dourado que representa o Bitcoin encima de um notebook

Depois de muitas altas e quedas, o Bitcoin registrou hoje uma queda, passando abaixo de US$ 30 mil pela primeira vez neste mês. Às 13h30 cotado a US$ 29.780, tornou praticamente zero os ganhos neste ano.

As perdas acumuladas neste ano desde a máxima registrada em abril, de US$ 64.863, foram de cerca de 55%. Mas vale dizer: no último ano, o saldo positivo da criptomoeda é de 215% de alta.

Após um fim de semana relativamente preocupante, o mercado das criptomoedas também registrou uma queda de quase 90 bilhões de dólares. O Ethereum caiu 4%, enquanto a Binance Coin, por exemplo, caiu 7%.

Isso acontece num contexto de aumento de casos da pandemia num contexto global com a variante delta, sendo que o impacto disso na recuperação econômica de todo o mundo está sofrendo os efeitos.

Momentos em que as pessoas evitam o risco, mesmo que se trate de questões de saúde e não do mercado propriamente, acabam afetando as criptomoedas. Segundo analistas, todos os ativos de risco sofreram quedas recentes.

Além disso, o contexto é em meio a proibições da China nos últimos meses em relação à mineração e a empresas que possuem operações com moedas digitais. Embora isso não tenha impedido que as moedas digitais fossem negociadas, mas as restrições dificultaram o processo.

Inscreva-se na nossa newsletter!