Trump entra com processo contra Facebook, Twitter e Google alegando censura

Após ser banido das redes sociais, ex-presidente dos EUA abre processo contra as plataformas e os fundadores
Trump e vários tweets ao seu redor

Olha eleee aparecendo em polêmica de novo, Trump foi a primeira figura política dos Estados Unidos a ser banido permanentemente do Twitter em 2020.

A rede social publicou a decisão de excluir a conta do regente seguido de um longo comunicado, outras redes importantes levaram como exemplo e fizeram o mesmo.

"Os eventos das últimas 24 horas demonstram claramente que o presidente Donald Trump pretende usar seu tempo restante no cargo para minar uma transição pacífica e legal ao seu sucessor eleito, Joe Biden"

Fundador do Facebook

“Após uma análise detalhada dos tweets recentes da conta @realDonaldTrump e do contexto em torno deles — especificamente sobre como eles estão sendo recebidos e interpretados dentro e fora do Twitter —, suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitação à violência”

Twitter Safety

Quem aqui lembra desse rolê? 

Bom, parece que Trump não gostou nada de ter sido silenciado e acabou de entrar com ações judiciais coletivas contra o Twitter, o Facebook e o Google, assim como seus CEOs, Mark Zuckerberg, Jack Dorsey e Sundar Pichai.

A alegação foi que os gigantes da tecnologia “censuraram-o e atacaram sua liberdade de expressão”.

Em entrevista coletiva em Bedminster, em Nova Jersey, Trump disse que buscará provar a ilegalidade do veto a suas contas nas plataformas digitai, defender a Primeira Emenda da Constituição – que proíbe restringir a liberdade de expressão – fazer com que as empresas consideradas “Big Tech” deixem de “silenciar” e “cancelar”.

“O caso provará que isto é ilegal, inconstitucional e completamente antiamericano. Vamos fazer as Big Tech prestarem contas, e será o primeiro de vários processos. Vamos liderar e mudar o país. Será uma batalha crucial em defesa da Primeira Emenda, estou certo que conseguiremos a vitória para os EUA, para a liberdade e a liberdade de expressão”

Ex-presidente dos EUA, Donald Trump

O ex-mandatário apresentará o processo no estado da Flórida.

Inscreva-se na nossa newsletter!