Reality shows vão mandar pessoas para o espaço

Parece que os reality shows normais perderam espaço... pera aí, ou ganharam?
astronauta no espaço

Reality shows de televisão dos EUA – dois neste momento, mais precisamente – estão considerando enviar pessoas “normais” para o espaço. Já em andamento, a novidade desses programas é ir à Estação Espacial Internacional (EEI), ou ISS, sigla em inglês para International Space Station, como você pode encontrar em alguns lugares.

Um dos nomes é “Quem Quer Ser um Astronauta”, em análise pela Discovery Channel. A proposta é baseada no formato dos reality shows tradicionais: a disputa pela viagem com todas as despesas pagas ocorreria aqui na Terra! Assim, o prêmio é passar oito dias morando na Estação Espacial Internacional. 

Segundo as informações divulgadas, os desafios serão projetados para determinar quais dos competidores possuem o que é preciso para ser um astronauta. A corretora espacial Axiom Space, em Houston, é a que fornecerá a passagem para o espaço.

Vale dizer: a Nasa não se posicionou confirmando que a Axiom Space poderá garantir um assento em um foguete comercial. 

Mesmo assim, o Discovery segue confiante e até contratou a consultoria de um ex-astronauta, Mike Massimino, que participou de uma série de missões, como para consertar o telescópio Hubble em 2009. Na época, ele também ajudou a filmar a ISS para dar aos telespectadores uma visão mais realista do conserto realizado por lá.

Segundo Mike, mais pessoas com habilidades especiais, mas que não sejam astronautas, serão treinadas para missões no futuro.

Já “Space Hero”, como é chamado o outro reality, busca trazer uma perspectiva mais global para o setor televisivo no espaço, segundo a CNN. O programa vai na contramão de “Quem Quer Ser Astronauta”, que é inteiramente baseado nos EUA.

Os criadores desta segunda proposta, Deborah Sass, da Inglaterra, e Thomas Reemer, da Alemanha, são parceiros de negócios há muito tempo e planejam garantir que as viagens não se limitem aos países que já possuem presença na ISS.

Dessa forma, a ideia é que o Space Hero comece com 24 competidores de todo o mundo e tenha financiamento privado. “Eles serão colocados em uma Vila Espacial, como a casa do Big Brother, mas com tecnologia vestível e testes biométricos”, comentou Sass.

A ideia é que haja apenas um vencedor. Os idealizados declararam que já possuem vários acordos firmados internacionalmente com garantia de um assento em uma viagem espacial com a Axiom Space para o ano de 2023.

Bill Nelson, ex-senador que recentemente tornou-se administrador da Nasa, é a favor do entretenimento espacial:

À medida que vamos para o espaço, queremos incentivar os empresários a fazer coisas novas. E a utilizar o extraordinário zero G do espaço para fazer todos os tipos de ciência, bem como entretenimento"

Afirma Nelson

Se você se interessou, “Quem Quer Ser Astronauta” já está aceitando inscrições em seu portal online. Já o “Space Hero” abrirá em 21 de dezembro de 2021, segundo a CNN. 

E aí, você iria para um desses programas? O Adm já está pensando em se inscrever… 

Inscreva-se na nossa newsletter!