Presidente Biden anuncia novas sanções contra Rússia

Ativos dos bancos russos nos EUA serão congelados
Presidente Biden anuncia sanções

Biden não vai chegar atirando, mas vai chegar congelando. O Presidente dos EUA anunciou novas sanções, e já garantiu que serão os maiores castigos da história da Rússia. 

Que sanções são essas?

A princípio, os países que pertencem à Otan já declararam que não irão revidar com fogo a invasão russa no território ucraniano. Por hora… 

Assim, a alternativa será mexer com o money russo. E o primeiro passo será congelar os ativos dos bancos da Rússia em solo norte-americano. De acordo com o Joe Joe, a soma desses valores ultrapassa US$1 trilhão. 

Ou seja, se a Rússia queria pegar um empréstimo em dólares de um de seus bancos no país de Biden, vai ficar querendo. Além disso, o primeiro-ministro Boris Johnson já soltou um: “aqui também não, Putin”. E congelou os ativos por lá também. 

O festeiro Boris, acrescentou que as grandes empresas russas podem tirar o cavalinho delas da chuva, porque não vão conseguir dinheiro com os investidores britânicos. Biden fez ‘joinha’ e disse: “nem aqui”. 

Ainda, nada de negociação de títulos do tesouro russo no solo da rainha, e nem na terra do Mickey. 

Por fim, se a Rússia tinha um sonho de importar tecnologia, qualquer que seja, dos EUA ou da Inglaterra, deve apenas desistir. 

Como isso pode ajudar?

Primeiramente, porque o ataque direto, com tiros e bombas pode ser uma péssima ideia. Isso porque os ‘brinquedinhos’ atuais são muito mais potentes. Então, é melhor evitar esse tipo de ação. Por hora…

Ademais, a ideia é de fato sufocar a economia russa a longo prazo, de maneira que o apelo do próprio povo russo seja o bastante para fazer seu presidente mudar de ideia. 

Então, sem dinheiro para produzir, as empresas russas entregam cada vez menos, o preço dos produtos e serviços sobem. Logo, a população e até as empresas tentam recorrer aos empréstimos e financiamentos. 

Contudo, com os ativos dos principais bancos da Rússia congelados em outros países, vai ficar bem difícil conseguir um apoio financeiro. 

Enfim, o tamanho da tragédia dentro do país russo é imensurável.  

Isso tudo vai funcionar? 

É impossível saber. O presidente Putin já disse que o país está preparado para esse tipo de sanção. Mas, até quando?

Ademais, a Rússia lança ameaças veladas quando apresenta suas armas nucleares como forma de intimidar seus inimigos. Será que o país pretende partir para uma ofensiva tão drástica? Só nos resta esperar. 

Inscreva-se na nossa newsletter!