Início » Internacional » Joe Biden e Vladimir Putin se encontram pela primeira vez

Joe Biden e Vladimir Putin se encontram pela primeira vez

Os dois presidentes irão se reunir hoje e assuntos mundiais dependem da relação entre os dois países.
Foto de Joe Biden e Vladimir Putin em encontro
Kevin Lamarque/ Reuters

É Compassers, sabe o famoso “climão”?

Pois é, isso resume muito bem o que vai ser essa DR entre Biden e Putin. Olha que assuntos não vão faltar entre os dois, desde ataques cibernéticos, até controle de armas nucleares.

A boa notícia é que o Adm já pegou as principais informações e reuniu tudo para você! Bora entender melhor!

Nesta quarta-feira (16), vai rolar uma das reuniões mais aguardadas do ano, o primeiro encontro entre os presidentes Vladimir Putin, da Rússia, e Joe Biden, dos Estados Unidos.

Como será esse encontro?

Essa reunião está ocorrendo em Genebra na Suíça, por causa do histórico de neutralidade política do país, convenhamos que isso é algo extremamente importante quando se reúnem duas das maiores potências políticas do mundo.

Na verdade, não será apenas uma reunião. Inicialmente ocorreu o encontro entre os dois presidentes e os chefes de diplomacia dos dois países, ou seja, algo bem reservado.

Depois, as delegações russa e americana se juntarão ao encontro e terão um tempo para dialogar e discutir alguns assuntos pendentes.

E após todas essas reuniões, acontecerão as coletivas de imprensa com o pronunciamento dos dois presidentes separadamente, primeiro Putin e, posteriormente, Biden.

Para que serve esse encontro?

Nos últimos anos a relação entre os Estados Unidos e a Rússia ficou muito tensa e conturbada. Grande parte desses conflitos veio com a saída da Crimeia da Ucrânia e sua anexação à Rússia em 2014.

Depois disso, os russos sofreram uma série de sanções internacionais, além das acusações de interferência nas eleições americanas em 2016, envolvimento em ataques cibernéticos, abuso dos direitos humanos e várias outras coisas.

Claro que a Rússia negou todas as acusações e alegou que está sendo vítima de ataques “anti-russos”.

Por essas e por outras, essa reunião é tão aguardada. O grande objetivo é melhorar as relações entre os dois países para trazer uma estabilidade política mundial para que assuntos como o controle de armas nucleares e segurança cibernética sejam facilmente discutidos entre os países.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp