Como essa tensão no Afeganistão pode afetar a economia?

Simples e leve de entender
afeganistão

Uma hora dessa você já viu algum post, matéria sobre o Afeganistão né? Mas você já parou para entender como toda essa tensão irá afetar a economia global? 

Primeiramente, contextualizando. O Grupo Terrorista Talibã invadiu a capital do Afeganistão, Cabul, e tomou literalmente conta do país. Com essa tomada do poder, o presidente americano Joe Biden anunciou que removeria as tropas americanas de lá e causou muita polêmica tanto no espectro político quanto pensando em economia.

A principal questão econômica nesse caso é a tradicional e popular, instabilidade. 

Mas como a instabilidade em um país relativamente não tão influente pode afetar o resto do mundo? 

Bom, esse é o jogo de influências. Não é simplesmente o que acontece no Afeganistão isoladamente, é sobre todo o jogo de poder e também de dinheiro em volta disso. 

Nesse jogo de House of Cards, dois players principais se destacam, Estados Unidos e China. Os dois brigando pela posto de “nação mais poderosa do mundo” causam uma baita de uma instabilidade de até onde essa quebra de braço por poder e dominância pode ir. 

Um “tropeço”, uma perda de força dos Estados Unidos no oriente pode causar um rebuliço bem grande economicamente falando já que naturalmente nesse “vácuo” de poder ou China ou Rússia tendem a reinar, se beneficiando principalmente em seus títulos do Governo e em força de influência. 

Possíveis ataques

Além da tomada do governo afegão, o grupo Terrorista também é uma grande ameaça em questão de arquitetura de ataques que também podem causar instabilidade na economia global, significando mais incertezas ainda globalmente. 

Muito tenso, muito tenso…

Inscreva-se na nossa newsletter!