Biden exige que obras públicas usem aço estadunidense

Brasil é o maior fornecedor de placas semiacabadas de aço dos EUA
foto de Biden

As importações do Brasil podem cair ou não? O governo do presidente Biden baixou uma orientação no dia 17/04 que exige que obras públicas utilizem apenas o aço americano.  

E a nova do Joe Biden, qual é?

Pois é, depois de tanto aço brasileiro introduzido em território americano, o presidente Joe Biden decretou que agora obras públicas só poderão contar com aço estadunidense. 

Isso significa que o material deverá carregar um ‘made in United States’ para construção de pontes, sistemas de esgoto, rodovias e afins. 

Contudo, há uma exceção. Caso a indústria local não seja capaz de dar conta do recado, o material poderá ser adquirido de outros países. 

Por que o Joe Joe só quer levar aço americano? 

De acordo com o próprio presidente, a ideia é incentivar o vendedor local, de modo a fomentar a economia americana. 

Vocês estão lembrados do pacote de US$ 2 trilhões que o governo Biden anunciou semanas atrás? Pois então, deste valor, US$1 tri será para infraestrutura.

Desta forma, segundo o democrata, as verbas federais poderão impulsionar a indústria dos Estados Unidos e gerar novos empregos. 

Isso porque o governo está preocupado com a alta de preços de produtos e serviços no país. Assim, estimular o aumento na produção pode cortar as asinhas da inflação e aumentar o poder de compra da população. 

E o Brasil com isso?

Acontece que os americanos adoram um aço brasileiro, com todo respeito. Em especial, as placas semiacabadas. Nosso país é o maior fornecedor desse material dos EUA, seguido do México, que é seguido pela Rússia. 

Ou seja, havia uma expectativa gostosa de que as vendas seriam ainda maiores em razão das sanções que a nação de Putin vem sofrendo por ter declarado guerra contra a coitada da Ucrânia. 

Porém, pode haver uma luz no fim do túnel, meu bom. Isso porque de acordo com a Associação Worldsteel, uma das maiores associações industriais do mundo, a Rússia é a quinta maior produtora de aço, e o Brasil ocupa a nona posição. 

Estão entendendo, corações? Com o país do sr. Vladimir sofrendo castigos econômicos, as vendas de aço do Brasil para os EUA e para a Europa tendem a subir, segundo declaração do Presidente do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). 

Então, até que não queria, vai levar aço brasileiro. Dá-lhe!

Inscreva-se na nossa newsletter!