Início » Internacional » Belarus intercepta avião comercial para prender opositor

Belarus intercepta avião comercial para prender opositor

Presidente de Belarus, estilo 007, desvia um avião comercial de sua rota só para prender um ativista a bordo.
lukashenko-putin
Imagem: Eutoday.net

Se a Rússia fosse parte da galera da escola, ela se sentava lá atrás no fundão e ficava quizumbando a aula até quase ser expulsa, papo reto. 

E como ninguém no fundão se senta sozinho, a Belarus estaria do lado dela tocando o terror enquanto a professora passa a matéria.

A matéria: geografia.

Rússia e Belarus se envolveram em uma treta bisonha essa semana depois que o presidente da Belarus ordenou que um avião comercial fosse interceptado e levado para a capital do país para que um opositor político fosse preso.

Imagina que você embarca num avião em Atenas na Grécia em direção à Lituânia, e do nada, tem um caça da aeronáutica de Belarus do lado do seu avião e o piloto avisa que vocês estão sendo interceptados.

Jornalista Roman Protasevich celebrando
[Fonte: NurPhoto via Getty Images]

Tudo isso porque no seu avião está Roman Protasevich, jornalista, ativista e opositor do atual governo de Belarus, onde o presidente-ditador está no poder há 26 anos.

Cara, o presidente Alexander Lukashenko simplesmente mandou o avião que ia em direção a Vilnius, na Lituânia, dar meia volta e descer: só para prender um jornalista e opositor.

É lógico que a Rússia aplaudiu a ação dos vizinhos e deu aquela moral para o presidente de Belarus. Mas a comunidade internacional está pasma! Os EUA, a União Europeia, a ONU, todo mundo está p* da vida com o que aconteceu.

Agora, o ‘Oeste’ discute como punir Belarus pelo que aconteceu, mas há um consenso de que somente sanções econômicas não vão dar conta do recado.

O que será que vem por aí?

Em retaliação, companhias aéreas estão banindo Belarus de suas rotas e o país que já não era o mais popular da turma agora está ainda mais isolado no fundão.

Lukashenko, agora com mais moral ainda com Putin, já é visto por analistas como ameaça internacional. Depois de mandar um avião comercial descer, o amigo é capaz de muita coisa.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp