BC da Rússia eleva taxa básica de juros para 9,5%

Inflação no país está em 8,8% e pode piorar
bandeira da Rússia

Quem adivinha por que pode piorar vai ganhar um blusão da The Compass. Mentira! Nem combinei com o chefe. Nesta sexta-feira o Banco Central da Rússia anunciou um aumento da taxa básica de juros para 9,5%. 

Putin quer atrair dinheiro gringo para quê?

Segundo o Banco Central Russo, para conter a inflação que estava na casa dos 8,8% na semana passada. O que significa que o preço da vodka e outros produtinhos subiram muito, e os russos estão tendo que pagar em média 8,8% a mais por tudo ultimamente. 

Aliás, vocês sabiam que o Putin já congelou no passado o preço da famosa bebida? Rapaz, pode aumentar qualquer coisa, menos a cachaça russa. 

Diante disso, o BC da Rússia subiu sua taxa básica de juros para um patamar mais elevado do que o índice da inflação, chegando a 9,5%. Putin está com pressa. 

Será que vai adiantar?

Tentar controlar a alta de preços aumentando os juros de empréstimos e financiamentos costuma ser eficiente para fazer o povo segurar a carteira no bolso. 

A pandemia foi a principal responsável pelo aumento de preços, dada a baixa oferta de produtos e muita demanda dos consumidores. Contudo, a Nazaré Tedesco da vez é a possível invasão russa no país ucraniano

Talvez por isso o Banco Central da Rússia já esteja anunciando novas altas da taxa básica de juros do país ao longo de todo o ano. Já que a inflação pode subir ainda mais com os investidores retirando seu dinheiro do porquinho russo. 

Vale a pena investir na Rússia com essa alta? 

Quem somos nós para dizer o que você deve fazer com seu suado dinheiro, não é mesmo? Contudo, vale fazer algumas pontuações sobre investir ou não no país do Putin. 

Primeiro, a moeda russa não está muito bem na foto. Para se ter uma ideia, 10 rublos russos valem apenas R$1. E olha que nossa moeda anda apanhando do dólar mais que o Whindersson apanhou do Popó. 

Então, se você empresta dinheiro para a Rússia, você receberá os rendimentos de acordo com a moeda russa. O que para alguns não vale a pena. 

Além disso, existe o problema mencionado acima. Uma eventual guerra faria a inflação subir ainda mais, já que os investidores ficam com medo que o país não consiga pagar e retiram suas verdinhas enviando-as para outro país mais paz e amor. 

Contudo, a Rússia é uma grande potência e segue firme e forte em 12º lugar no ranking das maiores economias do mundo. Então, agora é você quem decide se vai encarar ou não. 

Inscreva-se na nossa newsletter!