Banco Central da China declara ilegais todas as transações com criptomoedas

Hora de ir às compras? O Bitcoin despencou quase 5% após o anúncio
Banco Central da China declara ilegal todas as transações com criptomoedas

O Banco Central da China decidiu nesta sexta-feira (24) que todas as transações financeiras com criptomoedas são ilegais no país. Segundo a instituição, as moedas digitais são uma ameaça para os “ativos das pessoas”.

A decisão é um passo mais radical após as restrições que o país asiático já havia anunciado sobre a mineração de Bitcoin. Nos últimos meses, a China anunciou uma série de restrições sobre que obrigaram os mineradores de criptomoedas a deixar o país.

Adm Explica

Só para contextualizar, a mineração é o processo de registro e validação das criptomoedas. Essa etapa é fundamental para que novos desses ativos entrem em circulação.

O que a China quer dizer com isso?

Basicamente, conforme as informações divulgadas pelo Banco Central do país, a China pretende reduzir a lavagem de dinheiro e a especulação financeira por meio dessa regulação. Isso porque, como as criptomoedas não são controladas por autoridades como o Banco Central, elas são bastante utilizadas para práticas ilícitas.

Além disso, a China está de olho na criação de sua própria moeda digital. Então, tirar outras criptomoedas do caminho é uma forma de fazer com que o governo consiga controlar a única moeda digital em circulação no país.

Vale lembrar que criar versões digitais das moedas oficiais de cada país é uma tendência que está ganhando cada vez mais espaço mundo afora. Aqui no Brasil, o Banco Central está estudando lançar o real digital para reduzir o uso de cédulas.

E o que muda com isso?

Agora o comércio de criptomoedas, a venda de tokens e qualquer atividade relacionada ao universo das moedas digitais estão proibidas na China. Com isso, já dá para esperar que os mineradores migrem para outras regiões do mundo, especialmente onde a energia é mais barata.

Já olhando para o curtíssimo prazo, os investidores de criptos ficaram receosos com a notícia. Não é à toa que o Bitcoin já despencou mais de 5% hoje. Além disso, o Ether também está operando em queda de mais de 6%.

Inscreva-se na nossa newsletter!