Astronautas chineses voltam à Terra após 90 dias no espaço

Essa foi a missão espacial mais longa da história da China
astronautas chineses

Nesta quinta-feira (16), os astronautas chineses Nie Haisheng, Liu Boming e Tang Hongbo retornaram à Terra depois de 90 dias no espaço no módulo Tianhe.

Para quem não sabem o Tianhe é o primeiro modelo da estação espacial da China, que agora está sendo construída e onde estiveram os astronautas desde meados de junho.

Trata-se da primeira, de três missões tripuladas voltadas para a construção da estação espacial chinesa. Nesse período de três meses, os astronautas realizavam experimentos de teste, caminhadas espaciais, verificações de tecnologias, suprimentos, entre outros.

A próxima missão tripulada será em outubro segundo os planos, sendo que os astronautas deverão ficar em Tianhe por três a seis meses.

A China passou os últimos anos desenvolvendo tecnologias em prol de construir sua própria estação espacial, já que foi impedida pelos Estados Unidos de trabalhar com a NASA – e, consequentemente, na Estação Espacial Internacional (ISS).

Além de o país ter interesse em ter sua própria estação espacial em virtude da recusa, também existe a possibilidade da ISS ser “aposentada” em 2024, tornando a estação espacial da China uma alternativa a ela.

Segundo o publicado, antes da próxima missão em outubro, a China enviará uma espaçonave para Tianhe carregando suprimentos para os próximos astronautas que chegarão posteriormente.

A previsão é de que a estação espacial da China fique pronta até o final de 2022.

Inscreva-se na nossa newsletter!