Produção agrícola bate recorde no Brasil em 2020

A produção agrícola movimentou mais de R$ 470 bilhões no ano passado... É grana demais!
Produção agrícola bate recorde no Brasil em 2020

O valor da produção agrícola bateu um novo recorde no Brasil em 2020. A informação faz parte do relatório Produção Agrícola Municipal (PAM), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta (22).

No ano passado, esse setor movimentou incríveis R$ 470,5 bilhões no país, com uma alta de 30,4% em comparação a 2019. O valor é também o maior desde 1974, quando os dados começaram a ser levantados pelo IBGE.

O que causou esse aumento todo?

O bom desempenho ocorreu por alguns fatores, incluindo a alta do dólar frente ao real. Isso porque os preços das commodities agrícolas são cotados em dólar, o que favoreceu os bolsos dos produtores. 

Além disso, outro fator que contribuiu para a valorização das commodities foi um aumento da demanda externa, como explicado pelo IBGE no relatório.

“Como resultado, os dez principais produtos agrícolas, em 2020, apresentaram expressivo crescimento no valor de produção, na comparação com o ano anterior”, explica o instituto.

Entre os produtos que mais contribuíram para a safra no ano passado, há a soja, que gerou R$ 169,1 bilhões, e o milho, cujo valor de produção chegou a R$ 73,949 bilhões. Além disso, a cana-de-açúcar apareceu em terceiro lugar, com R$ 60,8 bilhões.

Quais são os impactos disso?

Um dos efeitos colaterais disso é o preço nos valores dos alimentos para consumidores brasileiros. Com commodities mais caras (como arroz e soja), as plaquinhas dos supermercados também refletiram isso.

Essa é, inclusive, um dos fatores que está refletindo na alta da inflação. Em agosto, a inflação subiu 0,87% no Brasil, maior alta para o mês em 21 anos, como já mostramos aqui.

Por outro lado, isso traz um clima otimista para as empresas do setor agrícola. Afinal, mesmo em meio aos impactos da pandemia, o segmento conseguiu se destacar em 2020.

Inscreva-se na nossa newsletter!