Início » Economia » Presidente do BC fala sobre mudar a remuneração da poupança

Presidente do BC fala sobre mudar a remuneração da poupança

Os rumores seriam sobre a substituição da taxa TR pelo IPCA
Imagem mostra Roberto de Oliveira Campos Neto, o presidente do Banco Central do Brasil
(Pedro França/Agência Senado)

Na última sexta-feira (26), o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, afirmou que há estudos sobre uma nova fórmula para remuneração da poupança, porém não deu prazo algum para este projeto.

Qual a fórmula atual da remuneração da poupança?

Seguinte, quando a Taxa Selic está abaixo dos 8,5% ao ano (a.a.), o rendimento da poupança será 70% da Selic somada com a Taxa Referencial (TR) que atualmente é de 0%. 

Quando a Taxa Selic está acima de 8,5% a.a., a poupança rende 0,5% ao mês acrescida da TR. Lembrando que hoje a Selic está em 7,75% ao ano.

Qual o problema com a remuneração atual?

São dois os principais problemas: o primeiro está relacionado ao custo-oportunidade e outro relacionado à inflação

Vamos falar do primeiro caso. O investimento mais seguro do país, são os títulos públicos, logo, colocar o dinheiro na poupança tem seu risco, mesmo que pequeno. 

Um desses títulos é chamado de Tesouro Selic, ele consiste em um investimento com liquidez diária, que você pode retirar a qualquer dia, e sua remuneração acompanha a Taxa Selic, é o investimento que mais se assemelha à poupança. 

Agora pense comigo, se um dos investimentos mais seguros do Brasil remunera com 100% da Selic, por que iria colocar na poupança que rende 70% da Selic? 

Por isso, quem tem dinheiro na poupança está na verdade deixando dinheiro na mesa. Isso é o que chamamos de custo-oportunidade. 

Pensando sobre a inflação agora, dando um exemplo bem fácil de entender. Imagine que a inflação e a Selic estejam a 8% ao ano. 

A poupança vai render em torno de 5,6% ao ano e o seu poder de compra diminuirá 8% no ano. Entende que os preços irão aumentar mais do que os seus investimentos? 

Isso é o que chamamos de “juros reais”, assim, o rendimento real da poupança será de -2,4% aproximadamente. 

E qual é a nova proposta?

Ainda não há nada oficial, segundo o presidente do BC, “é uma mudança muito profunda, precisa ser feita com consulta pública, ouvindo todos”. 

Mas os rumores falam sobre a substituição da TR pelo IPCA, indicador oficial da inflação no Brasil, o que implicaria em uma poupança que sempre iria render acima da inflação. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp