Presidente da Petrobras pede demissão

A renúncia ocorre após críticas ao reajuste dos combustíveis feito na sexta (17)
Foto de José Mauro Coelho, ex-presidente da Petrobras

Quem aguenta pressão é diamante e gente na friendzone, não o presidente da Petrobras, que, pelo jeito, já está no RH da empresa com os seus pertences nas mãos. 

o presidente da petrobras arregou…

Na manhã desta segunda-feira (20), o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, renunciou ao cargo como chefe da gigante do petróleo. O anúncio foi feito por meio de um comunicado oficial da empresa.

Nesse sentido, a saída do presidente, que já estava sendo ventilada tanto pelo mercado, quanto pelo próprio governo, acontece bem no meio da atual crise vivida pela Petrobras.

Leia mais:

Petrobras aplica novo reajuste nos combustíveis

Câmara aprova projeto que reduz ICMS

Contextualiza a crise da Petrobras, por gentileza

Na última sexta-feira (17), a Petrobras informou que aumentaria o preço dos combustíveis em suas refinarias. Portanto, após o anúncio, a gasolina vendida subiu 5,7%, já o diesel teve seu preço aumentado em 14,26%.

Na prática, o reajuste que veio logo após o último do dia 11 de maio, aumentou o preço da gasolina para as distribuidoras de R$ 3,86 para R$ 4,06, enquanto o diesel, passou de R$ 4,91 para R$ 5,91.

Com os aumentos, as reações não demoraram para acontecer. O presidente Bolsonaro, de bate pronto declarou que, como acionista da empresa, não era conivente com qualquer reajuste. Arthur Lira, presidente da Câmara, exigiu a renúncia imediata de Mauro Coelho.  

Como será daqui pra frente?

No sábado (18), Bolsonaro também havia prometido que hoje daria um belo golpe na empresa ao sugerir a abertura de uma CPI para apurar a sua atual gestão. Além disso, inclusive, ele previu que com a abertura, R$ 30 bilhões seria o valor de mercado perdido pela empresa.

Com a renúncia do presidente José Mauro Coelho, não se sabe ainda como ficarão os planos levantados no final de semana. No entanto, por hora, a Petrobras anunciou que já está correndo para nomear um substituto interino para ocupar o cargo.

Na sexta, depois do reajuste, a empresa perdeu R$ 273 bilhões em valor de mercado. Por volta das 11h30 de hoje, as ações da empresa (PETR3 e PETR4), já caiam mais de 2%. Com o turbilhão, quais dos parceiros do ADM se arriscariam a dizer como o dia terminará?

Inscreva-se na nossa newsletter!