Início » Economia » Lucro trimestral dos grandes bancos é o maior da história

Lucro trimestral dos grandes bancos é o maior da história

Pra quem achou que os bancões estavam saindo de moda, não é bem por aí
banco do brasil e arvores
Henrique Dias

O lucro trimestral dos grandes bancos é o maior da história. Com o crescimento das fintechs – startups ou empresas que desenvolvem produtos financeiros totalmente digitais –, os grandes bancos aceleraram a digitalização de seus serviços para não ficar para trás e bateram recordes desta vez.

O valor do lucro do 2° trimestre deste ano atingiu R$ 23,1 bilhões e considera a soma dos ganhos do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander, segundo informações da Economatica.

Mais especificamente, o Itaú Unibanco assumiu a liderança e foi responsável por R$ 7,5 bilhões. Já o Bradesco por R$ 5,9 bilhões, o Banco do Brasil por R$ 5,5 bilhões e o Santander, na lanterna, por R$ 4,1 bilhões.

O crescimento dessa soma em relação ao primeiro trimestre de 2021 foi de cerca de 24%. Já em relação ao ano passado, nesse mesmo período, o crescimento foi de – pasmem – 90,4%. 

Mas não pasmem tanto assim, já que aquele foi um dos momentos em que a pandemia mais afetou a economia e as empresas negociadas na bolsa de valores!

A digitalização e a diversificação dos serviços de tais bancos é resultado também da quantidade de serviços de produtos financeiros disponíveis nas “novas” empresas. 

Afinal, estes novos produtos são acessíveis ao público e contam com propostas inovadores e de fácil usabilidade – como é o caso do Nubank, que já trouxemos diversas vezes por aqui.  

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp