Governo amplia redução de IPI de 25% para 35%

Corte começa a valer a partir do dia 1º de maio
foto do presidente que reduziu o IPI

Hoje o presidente Bolsonaro publicou um decreto que amplia o corte do IPI de 25% para 35%, e a medida já começa a valer domingo agora, dia 1º de maio. 

IPI vai cair ainda mais?

Pois é! Em fevereiro, o ministro Paulo Guedes anunciou que o governo estava preparando um corte de 25% na alíquota do IPI, Imposto sobre Produtos Industrializados. Então, no dia 1º de março, a publicação do texto com essa redução veio. 

Hoje, um novo decreto foi publicado no Diário Oficial da União, DOU, que é basicamente um veículo de comunicação do governo federal. Mas, a publicação veio com um surpresa, a redução na verdade será de 35% e não de 25% como disse o Paulinho em fevereiro. 

Além disso, a medida já começa a valer no domingo, dia 1º de maio. 

Quanto dinheiro vai deixar de cair no cofrinho do governo com essa redução? 

De acordo com economistas, em 2022 serão R$ 15,128 bilhões a menos no porquinho do governo federal. Já em 2023, a redução na arrecadação será de R$ 27,391 bi, e em 2024, R$ 29,328 bilhões. 

Ainda, segundo Guedes, ministro da economia, a alta arrecadação dos últimos meses em impostos permitiu essa redução no IPI, e garantiu que não haverá compensação em outro imposto. 

Quem se beneficia com esse corte?

Diretamente, a indústria, indiretamente, os consumidores dos produtos sobre os quais a redução aconteceu. 

Isso porque, como você já sabe, o IPI incide sobre os produtos industrializados, que são aqueles que passam por uma etapa de fabricação até chegar nas suas mãozinhas. 

Assim, no momento em que esses produtos estão saindo da fábrica, o imposto é cobrado. Por isso, a redução afeta diretamente os fabricantes, ou seja, a indústria, e indiretamente o consumidor, já que se espera uma queda de preços. 

Infelizmente no decreto não consta uma listinha de produtos que serão beneficiados com esse corte de 35%. Porém, a Secretaria-Geral da Presidência declarou que a redução do imposto vai acontecer sobre a maioria dos produtos. 

Bem esclarecedor.

Inscreva-se na nossa newsletter!