Início » Economia » Estrangeiros retiram R$ 8,2 bi da bolsa brasileira em julho e quebram ciclo positivo

Estrangeiros retiram R$ 8,2 bi da bolsa brasileira em julho e quebram ciclo positivo

A Variante Delta e as incertezas econômicas atacam novamente!
Estrangeiros retiram R$ 8,2 bi da bolsa brasileira em julho e quebram ciclo positivo
(Foto: Getty Images)

Os investidores estrangeiros retiraram R$ 8,25 bilhões da bolsa de valores brasileira em julho, de acordo com os dados divulgados pela B3 nesta terça-feira (3). O número negativo quebra uma sequência de três meses seguidos de saldo positivo.

O saldo no vermelho é uma consequência de R$ 289 bilhões em compras no mercado de ações e R$ 297 bilhões em vendas. Na prática, isso significa que os estrangeiros mais venderam ativos listados no Brasil no último mês do que compraram.

Vale ressaltar: os dados não consideram os investimentos em IPO, como são chamadas as ofertas iniciais de ações. Ou seja, a entrada de novas empresas na bolsa.

Dessa forma, esse número é formado apenas pelas compras e vendas no mercado secundário, entre as empresas que já estão listadas na bolsa. Isso porque os dados oficiais dos IPOs ainda não foram disponibilizados pela B3.

No ano, o desempenho é positivo!

Porém, se considerarmos todo o ano de 2021, o cenário é diferente! Desde janeiro, entre resultados negativos e positivos, a bolsa brasileira acumula um investimento estrangeiro de R$ 39,8 bilhões.

O resultado foi puxado pelo bom desempenho do mês de janeiro, quando R$ 23,6 bilhões foram investidos no Brasil por parte das pessoas de outros países.

“Mas Adm, o que justifica essa queda?”

Embora não seja possível dizer os motivos exatos dessa retirada, alguns fatores movimentaram os mercados interno e externo nas últimas semanas. O principal deles foi o avanço da variante Delta do novo coronavírus, que causou receio entre os investidores.

Além disso, as novas restrições na China também estão deixando as pessoas com um “pé atrás” na hora de investir. Como já mostramos aqui, o país asiático criou uma série de restrições no setor de educação privada em julho.

E já que estamos falando disso, saiba que você também pode investir em outros países. Para te ajudar, confira o nosso artigo sobre como investir no exterior.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp